Fale conosco

O que vc está procurando?

TodaTeen

Entretenimento

Adolescente Malala Yousafzai é a mais jovem a receber Nobel da Paz

Aos 17 anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a pessoa mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz. Confira a trajetória da garota!

Malala

Malala

Foto: Getty Images / Anthony Harvey

Por meio da minha história quero dizer que todos sigam o que querem ser, falem alto para que todos ouçam, que lutem pelos seus direitos“.

Essa frase foi dita por Malala Yousafzai, adolescente de 17 anos que luta a favor da educação e contra o regime talibã. Malala, então, havia acabado de se tornar a mais jovem pessoa a receber o Prêmio Nobel da Paz. Conheça mais sobre a vida e a obra de Malala e inspire-se!

VIDA

Malala é paquistanesa: nasceu em Mingora, no distrito de Swat. Em 2009, quando tinha apenas 11 anos de idade, Malala escrevia sob um pseudônimo no blog da BBC, detalhando sua vida sob o regime do Talibã, assim como seu ponto de vista sobre educação para mulheres e as tentativas do regime em controlar a região paquistanesa.

Os relatos da garota comoveram tanto que o jornal The New York Times produziu um documentário sobre sua vida. Malala deu várias entrevistas para emissoras de televisão e jornais, sendo indicada ao Prêmio Internacional da Criança pelo ativista sul-africano Desmond Tutu.

Porém, em outubro de 2012, Malala foi baleada na cabeça e no pescoço por talibãs armados enquanto voltava para casa em um ônibus escolar. Ela ficou em estado crítico e inconsciente por muito tempo após a tentativa de assassinato, mas conseguiu melhorar e foi enviada para o Hospital Queen Elizabeth, em Birmingham, Inglaterra, para se recuperar.

Alguns dias após ser baleada, um grupo de 50 clérigos islâmicos no Paquistão enviou um pedido (fatwa, em árabe) aos talibãs para que parassem de perseguir a garota. Logo após, eles retiraram a intenção de assassinar Malala e seu pai.

Malala

Foto: Getty Images / Ben Pruchnie

SOBRE O PRÊMIO

A garota, de 17 anos, recebeu a notícia de que havia ganho o prêmio Nobel durante uma aula de química e, humilde, afirmou que não esperava ser a ganhadora.

A adolescente paquistanesa Malala Yousafzai recebeu o prêmio Nobel da Paz ao lado do ativista indiano Kailash Satyarthi, e se disse honrada em receber um título tão importante. “É uma mensagem de amor“.

Malala é a pessoa mais jovem, em 112 anos de história da premiação, a receber o Nobel. O prêmio, disse a adolescente, “é precioso, pois, me sinto mais corajosa e mais poderosa“. Sempre pensando no próximo, ela ainda deixou o recado: “crianças do mundo devem brigar por seus direitos“.

“Eu falo por eles [quem não é ouvido], sigo firme por eles, eles têm direitos, direito de receber uma boa educação, de não sofrer”,  finalizou.

EU SOU MALALA

Confira a sinopse oficial do livro “Eu Sou Malala”:

Eu Sou Malala

Foto: Divulgação / Editora Companhia das Letras

Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida.

Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.

Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz.

Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens.

O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã.

Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo Ocidente.

Sentar numa cadeira, ler meus livros rodeada pelos meus amigos é um direito meu”, ela diz numa das últimas passagens do livro. A história de Malala renova a crença na capacidade de uma pessoa de inspirar e modificar o mundo.

 Clique aqui para ler um trecho do livro.

CAMPANHAS E FAMOSOS

Vale lembrar que muitas celebridades também apoiam Malala, como Selena Gomez, Joe Jonas, Shay Mitchell (de Pretty Little Liars) e Beyoncé. Selena, inclusive, fez algumas referências à paquistanesa em seu Twitter e postou a seguinte foto:

Na foto, a cantora afirma: “Eu estou com Malala, pois devem existir mais jovens como ela. Ela é meu modelo”.

Além disso, Selena também fez um vídeo em apoio a campanha “We Are Silent”, que propõe pedir educação para os diversos povos do mundo e “tomar uma posição por aqueles que não tem voz”, segundo o site da campanha.

 

No dia 17 de abril de 2014 os apoiadores da campanha fizeram 24 horas de silêncio pelas crianças ao redor do mundo que enfrentam pobreza, falta de  recursos na área da educação e exploração (de qualquer forma).

1 Comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.