Connect with us

Celebs

Aos 22 anos, poetisa formada em Harvard, Amanda Gorman, é a mais jovem a recitar na posse de um presidente

Published

on

Aos 22 anos, poetisa formada em Harvard, Amanda Gorman, é a mais jovem a recitar na posse de um presidente
Patrick Semansky-Pool/Getty Images

Nesta quarta-feira (20) ocorreu o evento de posse de Joe Biden e Kamala Harris, presidente e vice-presidente dos Estados Unidos. Durante a festividade, Amanda Gorman foi a responsável por recitar um poema, tornando-se a mais jovem poetisa a realizar tal feito em uma cerimônia de posse presidencial americana. Para a ocasião, Gorman escolheu seu poema “The Hill We Climb”, o qual fala sobre a divisão que tomou conta do país, a invasão ao Capitólio por apoiadores do ex-presidente Donald Trump em 6 de janeiro. A poesia traz em essência uma mensagem de esperança e pedido de união.

Com apenas 22 anos, Gorman nasceu em Los Angeles. Filha de uma professora de ensino médio, seus primeiros trabalhos foram publicados em jornais quando era pequena. A escritora se formou em sociologia na Universidade de Harvard e colabora para o jornal “The New York Times.

Gorman faz performances de suas poesias e já se apresentou em programas de TV, eventos na Biblioteca do Congresso e no Lincoln Center. Lin-Manuel Miranda, Al Gore, Hillary Clinton e Malala Yousafzai são algumas das pessoas que já lhe prestigiaram na plateia.

Em 2015, publicou seu primeiro livro, “The One for Whom Food Is Not Enough”, e dois anos depois se tornou a primeira poeta juvenil laureada nos Estados Unidos. Em 2021, Gorman lançará o livro com a obra lida na posse, “The Hill We Climb”, bem como o livro ilustrado “Change Sings”.

Confira a poesia performada por Amanda Gorman na posse:

“When day comes we ask ourselves where can we find light in this never-ending shade? The loss we carry asea we must wade. We’ve braved the belly of the beast. We’ve learned that quiet isn’t always peace. In the norms and notions of what just is isn’t always justice. And yet, the dawn is ours before we knew it. Somehow we do it. Somehow we’ve weathered and witnessed a nation that isn’t broken, but simply unfinished. We, the successors of a country and a time where a skinny Black girl descended from slaves and raised by a single mother can dream of becoming president only to find herself reciting for one.

And yes, we are far from polished, far from pristine, but that doesn’t mean we are striving to form a union that is perfect. We are striving to forge our union with purpose. To compose a country committed to all cultures, colors, characters, and conditions of man. And so we lift our gazes not to what stands between us, but what stands before us. We close the divide because we know to put our future first, we must first put our differences aside. We lay down our arms so we can reach out our arms to one another. We seek harm to none and harmony for all. Let the globe, if nothing else, say this is true. That even as we grieved, we grew. That even as we hurt, we hoped. That even as we tired, we tried that will forever be tied together victorious. Not because we will never again know defeat, but because we will never again sow division.

Scripture tells us to envision that everyone shall sit under their own vine and fig tree and no one shall make them afraid. If we’re to live up to her own time, then victory won’t lie in the blade, but in all the bridges we’ve made. That is the promise to glade, the hill we climb if only we dare. It’s because being American is more than a pride we inherit. It’s the past we step into and how we repair it. We’ve seen a forest that would shatter our nation rather than share it. Would destroy our country if it meant delaying democracy. This effort very nearly succeeded.

But while democracy can be periodically delayed, it can never be permanently defeated. In this truth, in this faith we trust for while we have our eyes on the future, history has its eyes on us. This is the era of just redemption. We feared it at its inception. We did not feel prepared to be the heirs of such a terrifying hour, but within it, we found the power to author a new chapter, to offer hope and laughter to ourselves so while once we asked, how could we possibly prevail over catastrophe? Now we assert, how could catastrophe possibly prevail over us?

We will not march back to what was, but move to what shall be a country that is bruised, but whole, benevolent, but bold, fierce, and free. We will not be turned around or interrupted by intimidation because we know our inaction and inertia will be the inheritance of the next generation. Our blunders become their burdens. But one thing is certain, if we merge mercy with might and might with right, then love becomes our legacy and change our children’s birthright.

So let us leave behind a country better than one we were left with. Every breath from my bronze-pounded chest we will raise this wounded world into a wondrous one. We will rise from the gold-limbed hills of the west. We will rise from the wind-swept north-east where our forefathers first realized revolution. We will rise from the Lake Rim cities of the midwestern states. We will rise from the sun-baked south. We will rebuild, reconcile and recover in every known nook of our nation, in every corner called our country our people diverse and beautiful will emerge battered and beautiful.

When day comes, we step out of the shade aflame and unafraid. The new dawn blooms as we free it. For there is always light. If only we’re brave enough to see it. If only we’re brave enough to be it.”

Celebs

BBB21: No “Domingão do Faustão” Karol Conká diz que se arrepende de ter participado do Big Brother Brasil

Published

on

BBB21: No "Domingão do Faustão" Karol Conká garante que não foi "brifada" em eliminação e dá detalhes sobre sua convivência na casa
Divulgação/Globo

Hoje será um dia agitado para a imagem de Karol Conká, isso porque, neste domingo (28), além de dar uma entrevista para o Fantástico, a rapper também marcará presença no Domingão do Faustão. Ela pretende falar sobre seu comportamento na casa e contará quais são seus planos para o futuro.

No trecho em áudio da entrevista com o Faustão, divulgado no último sábado (27), pelo colunista Leo Dias, Karol afirma que não acha que foi cancelada, mas deixou bem claro que se arrependeu de ter entrado e que, se pudesse voltar ao passado, teria feito pelo menos um tratamento psiquiátrico.

+ BBB21: após o massacre de Karol Conká, o discurso de perdão na internet faz sentido?

A rapper ainda disse que foi alertada pelos colegas de seu comportamento. “Fui meio que alertada pelo Gil. Aí eu comecei a conversar com a Sarah, com a Juliette. Eles começaram a me explicar, o Projota, a Pocah. Só que eu já tinha perdido o controle. […] Os recortes, as coisas que vão pra internet ficam replicando sem parar… Elas maximizam muito. Então dá a impressão que eu passava o tempo inteiro naquele ‘mood’ ali”, disse.

Karol também comentou sobre os boatos de que ela teria sido brifada, recebendo informações da Globo antes de entrar no ao vivo com Tiago Leifer, pós-eliminação. “Fiquei muito feliz quando eu saí da casa, dava para perceber que eu sorria muito, e as pessoas falaram que eu fui brifada. Isso eu achei muito engraçado. Não rolou. Eu tenho a cara de pau o suficiente para falar e falaria, mas eu não fui brifada, gente”, garantiu a rapper.

Escute o áudio completo:

Continue Reading

Celebs

Affair do Duque? Tudo sobre a namorada de Regé-Jean Page, de “Bridgerton”!

Published

on

Affair do Duque? Tudo sobre a namorada de Regé- Jean Page, de "Bridgerton"!
Divulgação/Daily Mail UK

É, pessoal… o Duque de Hastings já encontrou sua Duquesa. E, apesar dos fãs, não. Não é com Phoebe Dynevor (Daphne Bridgerton). Como muitos já sabem Regé- Jean Page, o Simon Basset (Duque de Hastings) de Bridgerton, aparentemente está comprometido na vida real e foi flagrado recentemente com a namorada, em Londres.



Segundo o Daily Mail UK, o nome da sortuda é Emily Brown, de 30 anos, e trabalha como redatora freelancer, já tendo trabalhado para empresas como Nike, Converse e Uber. Além disso, o portal também revelou que Emily também joga futebol, no Football Beyond Borders Warriors do sudoeste de Londres, uma instituição de caridade que usa o futebol para ajudar jovens desfavorecidos a terem sucesso na escola e na transição para a vida adulta. Que tudo, né?

O site também afirma que, aparentemente, o relacionamento é sério. Isso porque o casal teria comprado uma casa juntos, no £ 800.000 (aproximadamente R$ 6.237.504,32), no norte de Londres em fevereiro de 2020, o que significa que o relacionamento deve ir longe.

Emily parece não estar ativa nas redes sociais e, por enquanto, Regé-Jean – discreto sobre sua vida amorosa – também nunca postou foto com ela.

Que esse casalzão seja muito feliz, né?

Continue Reading

Celebs

BB21: Nego Di se incomoda com declarações de Lucas Penteado e detona Rede Globo: “Cansado de passar pano”

Published

on

BB21: Nego Di se incomoda com declarações de Lucas Penteado e detona Rede Globo: "Cansado de passar pano"
Divulgação/Globo

Fogo no parquinho! Na madrugada deste domingo (28), Nego Di – que já foi eliminado do BBB21 – se irritou com as declarações de Lucas Penteado no Altas Horas e resolveu soltar a língua sobre a Rede Globo e sua participação no reality.

Em uma série de Stories em seu Instagram, ele questionou o comportamento da emissora e quis entender porque o comportamento da Globo é diferente com cada um dos eliminados.

“O cara vai no programa e fala que eu falei pra ele que ele defende vagabundo, que vários filhos são arrancados de suas mães e que isso atinge diretamente a periferia, como se ele não soubesse sobre o que realmente foi a nossa discussão. E muita gente realmente me pergunta por que eu falei aquilo. Eu tive conversas com o Lucas lá dentro que eu não gostaria de ter tido. Ele me botou em situações em que eu não gostaria de ter entrado. E quem me acompanha sabe que eu sou um cara que tento controlar meu temperamento, mas às vezes fica difícil”, disse ele.

O humorista continuou: “Tive conversas em que ele falou pra mim que não conhecia um policial que fosse honesto, um policial que fosse correto. E ele estava invertendo, inclusive, os valores. Ele dizia que o correto era o cara que era bandido, porque não tinha opção, etc e tal. Eu conheço também. Eu também vim do nada. Na real, eu tive menos oportunidades que o Lucas, inclusive, por onde eu vim, pela minha situação de vida… Menos estrutura, tudo menos. E eu nunca coloquei a justificativa na minha situação para fazer nada de errado. E essa era minha discussão com ele e ele sabia disso. Ele estava querendo inverter os valores e fazer com que eu concordasse.”.

“ocultando fatos”

Nego Di então fez uma afirmação polêmica e afirmou que a TV Globo está ocultando fatos do reality. “Eu vi o Lucas lá dentro fingindo que estava incorporado para assustar as meninas. Agora no Altas Horas ele está dizendo que tiraram sarro de religiões de matrizes africanas. Ele foi o primeiro. Para assustar as meninas”, comentou ele, que disse que viu pelo menos cinco sisters diferentes chorando e tremendo após conversas com o Lucas.

No Altas Horas, Lucas também comentou sobre a homofobia que sofreu. O humorista logo levantou que a primeira pessoa a questionar a bissexualidade do colega teria sido Sarah. “Ela inclusive usou o termo ‘topa tudo por dinheiro’. Ela falou assim: ‘Gente, sério. Defendi até agora, mas lavei as minhas mãos, até porque eu sou amiga dele, mas sou muito mais amiga do Gil. Se ele usou o Gil, cara, pra mim já era’”, relembrou ele.

expulsão?

Nego Di disse que a saída de Lucas não foi voluntária, e sim compulsória. “[No confessionário], ouvi assim: ‘Mano, esqueça esse assunto, não fala mais disso. Aja assim, assim, assado… Tá tudo certo, agora o convívio de vocês vai melhorar, o cara era um mostro quando bebia’. Quando uma pessoa te fala isso, te leva a crer que, mano, estou agindo certo, estou do lado certo”, comentou ele.

“A real é que eu estou cansado de evitar falar da Globo, de passar pano. Tá demais. F*d&-se que tem contrato. Azar. As pessoas trocavam de microfone quatro vezes no dia. Eram chamadas no confessionário, voltavam e parecia que tinham sido benzidas, parecia que tinham tomado um passe, voltava uma pessoa mais equilibrada, de luz.”, disse.

edição no pay per view?

O humorista disse que várias coisas foram tiradas de contexto ou ocultadas, afirmando que a edição também aconteceria no pay per view. “Ninguém é 100% ruim nem 100% bom. Só que, em determinado momento, parece que não vale a pena para eles mostrar o lado bom, porque senão estraga o personagem que eles criaram do vilão”, falou.

Nego Di também falou sobre Karol Conká. “A Karol, que, ao que tudo indica, foi a pessoa que mais fez cagada, foi acolhida também? Eu não entendi”, disse ele, questionando o fato de que, antes da entrada da rapper no palco após a eliminação, a emissora colocou um intervalo. “Quando saí, fui empurrado para um ao vivo. Mão nas costas, microfone na mão: ‘Conta até 10 e entra’”, disse.

98 porcento

Lá para o final de seu relato, Nego Di revelou que está com muita coisa engasgada e que, por isso, está preparando um show chamado 98 Porcento (referência à porcentagem de votos em sua eliminação) para revelar o que o público não vê.

“O que estão fazendo é sacanagem. O tratamento todo mundo viu, tá sendo totalmente diferente. Eu tenho família também, eu tenho meu trampo também. Também tenho minha dignidade, não fui tratado igual. E quem cala consente. Não vou calar, não, porque está errado”, afirmou.



Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.