Connect with us

Entretenimento

Bem-educada

A colunista Annie Müller fala sobre educação, amor e uma sociedade mais fofa <3

Published

on

Escola

Escola

Está certo que falar em educação nos remete apenas a papo chato: é a mãe zunindo ao nosso ouvido “seja mais educada, minha filha!”, os professores em sala de aula reclamando “não lhe deram educação em casa?”. E, assim, a gente passa a adolescência, ouvindo de todos o que mais devemos ser justamente no período em que menos nos preocupamos em parecer educadinhas.

Agora, passado algum tempo da fase eu-não-me-importo-com-ninguém, dou conta que o conceito de educação vai muito além do respeito às normas da sociedade. É respeito ao outro e, tanto quanto, a si mesmo. Sabe por quê?
Porque se você respeita o outro, se faz respeitado. Explicando: aquela professora que pega no pé e diz que você fala demais, só vai respeitá-la caso você saiba a hora de parar (quem vos fala aqui é um exemplo vivo). Difícil, difícil, mas a física é óbvia e dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Nem duas falas, pois elas se sobrepõem e não se entende nada. Ou seja, liberte-se do seu eu para escutar o outro.

***

Escola

Repare à sua volta: o mundo está mesmo maluco, mais maluco do que nunca antes. A gente não entende, porque não viveu no passado, mas o presente é assustador: em qualquer capital, neste exato momento, pessoas brigam no trânsito, xingando com os piores palavrões. Pessoas não cumprimentam os próprios vizinhos, porque na era dos prédios de, no mínimo, 20 andares, cada um vive no seu particular. Pessoas não agradecem aos pais, aos amigos, aos deuses. Mas todas elas postam imagens fofas e de muito amor no Insta e no Facebook.
No mundo real, onde está todo esse amor?
E ter educação é prova de amor ao vivo.

***

Escola

Numa certa época, há alguns anos, eu cheguei a pensar que o brasileiro era mais boa gente do que a maioria. Isso porque eu confundia sorriso com educação, abraço com preocupação. Mas a verdade é que o sangue latino e a vida ao litoral nos faz quentes, porém não mais solidários que o resto do mundo.
Muitos de nós somos educados ou amigos quando convém, ou apenas com um pequeno grupo, cada dia menor, e a consequência disso é a maluquice toda que comentei logo acima.
Não me levem a mal. A gente pode melhorar, sim.
E por que ser educada interessa? Por que falar sobre educação? Coisa mais chata!
Até que um colega passa a perna em você ou alguém corta a sua frente em alguma fila. Até que virem a cara ou resmunguem no lugar de agradecer.
A grande questão é essa: só mudamos quando o problema bate à porta – quando sentimos na pele.
Mas, e se começarmos agora, com a ação mais simples de todas? Passando a compartilhar mensagens queridas também fora das redes sociais, estaremos desenhando uma sociedade mais bem-educada – e, sem dúvida, muito mais fofa de viver.

Um beijo,

Annie.

Annie Müller Comunique-se com a Annie nas redes sociais: @anniepmuller.

Conheça os livros da autora e nossa colunista da revista tt acessando o site www.anniemuller.com e www.aturmadomeet.com.br.

Compre os livros online em www.livrariacultura.com.br e www.saraiva.com.br.

Advertisement
1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Após faturar R$ 120 mi, Bianca Andrade fala sobre planos: “Quero ir pra fora”

Published

on

Reprodução / Instagram

Depois que saiu do BBB, Bianca Andrade fortaleceu ainda mais seu império de produtos de beleza. A, agora mamãe, revelou que chegou a faturar R$120 milhões de reais em 2020 apenas com sua marca. No Instagram, ela falou um pouco mais sobre o assunto.

Queria comentar sobre a matéria. Cada matéria que sai passa um filme na minha cabeça. Foi um ano completamente atípico e tudo que faço com minha imagem reflete na minha marca. O mercado de cosmético, HPPC (higiene pessoal, perfumaria e cosmético) é gigante no Brasil, que é 4º maior em cosmético e isso eu enxerguei três anos atrás“, começou ela.

É um mercado que é minha cara, meu sonho e que eu sabia que ia crescer muito. É uma marca muito forte no Brasil. Vocês entendem por que eu arrisco tanta coisa, por que faço tanta coisa?! Eu amo traçar meu plano de negócio de uma maneira ousada. Quero ir pra fora, mas não por ir. Quero ir porque sei o quanto o Brasil é forte. Quero ir lá fora pra mostrar o impacto que eu tenho em um país que é gigante em mercado de beleza“, continuou a empresária.

Por fim, Bianca ainda revelou que marcas maiores já quiseram comprar sua empresa, mas ela negou. “Já teve marcas gigantescas querendo comprar. Várias propostas! Não posso contar, mas se pudesse vocês iam cair duros. Teve uma marca que disse: ‘a gente quer ser a maior do Brasil’. E eu falei: ‘mas eu também quero ser a maior do Brasil, e agora?’ [risos]”, ainda disse Bianca, que não consegue escolher o orgulho de tanto trabalho diante do império que construiu. “Imagina, gente, eu, Bianca, nasci em uma favela, e hoje ter minha história na Forbes. É muito surreal! Tem horas que eu nem acredito!“.

 

Continue Reading

Cinema e TV

Em discurso crítico ao Globo de Ouro 2021, Jane Fonda cita a ausência de “I May Destroy You”

Published

on

Em discurso crítico ao Globo de Ouro 2021, Jane Fonda cita a ausência de "I May Destroy You"
Sandra Molina (NBCUniversal)

A temporada de premiações de 2021 começou! O Globo de Ouro 2021 se deu neste domingo (28). A 78ª edição do prêmio foi promovida, como sempre, pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, celebrando as produções mais aclamadas do cinema e da televisão norte-americanos. Entre os destaques da noite está a homenagem do evento à Jane Fonda, a qual recebeu o prêmio Cecil B. de Mille pelo conjunto de sua obra na televisão e cinema e na linha de frente das questões sociais.

+Chadwick Boseman, primeira diretora chinesa vencedora e mais: confira a lista completa de ganhadores do Globo de Ouro 2021

+Globo de Ouro 2021: confira os melhores looks da premiação

A atriz de 83 anos recusou a ajuda para subir ao palco, recebeu o prêmio e realizou um discurso potente sobre a importância de representatividade, um shade para lá de potente ao Globo de Ouro, já que a premiação não possui pessoas negras entre os membros responsáveis pela decisão de vitória das estatuetas, fator que pode explicar esnobadas em produções como “I May Destroy You”, citada por Jane Fonda.

Confira o discurso completo:

“Eu vi muita diversidade em minha longa vida e às vezes fui desafiada a entender algumas das pessoas que conheci, mas inevitavelmente, se meu coração estiver aberto e eu olhar além da superfície, sinto afinidade. É por isso que todos os grandes condutores da percepção nos falaram em histórias, poesia e metáfora, porque as formas não lineares que são a arte falam em uma frequência diferente. Eles geram uma nova energia que pode nos abrir e penetrar em nossas defesas, para que possamos ver e ouvir o que podemos ter medo de ver e ouvir.

Apenas neste ano Nomadland me ajudou a sentir amor pelos errantes entre nós, e Minari abriu meus olhos para a experiência de imigrantes lidando com as realidades da vida e novas terras. Judas e o Messias negro, Machado Pequeno, Uma Noite em Miami e outros demonstraram minha empatia pelo que significa ser negro. I May Destroy You me ensinou a considerar a violência sexual de uma maneira totalmente nova.

A vida em nosso planeta nos mostra como nosso pequeno planeta azul é frágil e nos inspira a salvá-lo e a nós mesmos. As histórias realmente podem mudar as pessoas. Mas há uma história que temos medo de ver e ouvir sobre nós mesmos neste setor, uma história sobre quais vozes respeitamos e elevamos, e quais ignoramos. A história de quem oferece um lugar à mesa e quem é mantido fora das salas onde as decisões são tomadas.

Então, vamos todos nós – incluindo todos os grupos que decidem quem é contratado, o que é feito e quem ganha prêmios – nos esforçar para expandir essa tenda, para que todos se levantem e a história de todos tenha uma chance de ser vista e ouvida. Quero dizer, fazer isso significa simplesmente reconhecer o que é verdade, e estar em sintonia com a diversidade emergente que está acontecendo por causa de todos aqueles que marcharam e lutaram no passado. Por causa daqueles que pegaram o bastão hoje. Então, vamos ser líderes.”

Continue Reading

Cinema e TV

Taylor Simone Ledward, esposa de Chadwick Boseman, recebe Globo de Ouro pelo marido e faz discurso emotivo

Published

on

Taylor Simone Ledward, esposa de Chadwick Boseman, recebe Globo de Ouro pelo marido e faz discurso emotivo
Fotos: Sandra Molina, Cortesia NBCUniversal

A temporada de premiações de 2021 começou! O Globo de Ouro 2021 se deu neste domingo (28). A 78ª edição do prêmio foi promovida, como sempre, pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, celebrando as produções mais aclamadas do cinema e da televisão norte-americanos. Entre os destaques, está a vitória do falecido ator Chadwick Boseman em melhor atuação de drama no filme “A Voz Suprema Do Blues”. O prêmio foi recebido pela esposa do artista, Taylor Simone Ledward, a qual fez um discurso emotivo.

+Chadwick Boseman, primeira diretora chinesa vencedora e mais: confira a lista completa de ganhadores do Globo de Ouro 2021

+Globo de Ouro 2021: confira os melhores looks da premiação

“Ele agradeceria a Deus. Ele agradeceria aos pais. Ele agradeceria aos seus ancestrais, por sua orientação e seus sacrifícios. Ele diria algo lindo, algo inspirador, algo que amplificaria aquela vozinha dentro de todos nós que diz que você pode e que te diz para continuar – e que te chamaria de volta ao que você deveria estar fazendo neste momento da história. Ele agradeceria ao Sr. George C. Wolfe, ao Sr. Denzel Washington, a muitas pessoas da Netflix. Ele agradeceria a Sra. Viola Davis. Não tenho as palavras dele, mas temos que aproveitar todos os momentos para celebrar aqueles que amamos, então obrigada HFPA, por esta oportunidade de fazer exatamente isso. E, querido? Continue mandando ver”, disse Taylor com muita emoção.

Mais uma vez as atrizes Tina Fey e Amy Poehler foram as anfitriãs. Mas, neste ano, houve uma mudança: Poehler apresentou o Globo de Ouro no palco do Beverly Hilton Hotel (casa em que geralmente ocorre a premiação), em Los Angeles, enquanto Fey estava no topo do Rockefeller Plaza (sede da emissora NBC), em Nova York.

Outro destaque da noite foi a consagração de Chloé Zhao na categoria de melhor direção pelo filme “Nomadland!”, filme que ganhou na categoria de melhor filme de drama. Trata-se da primeira mulher chinesa a ganhar nestas categorias, que costumam ser de profissionais homens e americanos.

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.