Fale conosco

O que vc está procurando?

TodaTeen

Entretenimento

Entrevista: Ana de Cesaro, do blog Tá, e Daí?!

Confira um bate papo superlegal com a blogueira!

Entrevista: Ana de Cesaro, do blog Tá, e Daí?!
Reprodução/Instagram

A blogueira Ana de Cesaro bateu um papo superlegal com a tt para falar sobre seu novo livro, chamado “Tá, e Daí?!”. Nós fizemos uma resenha do livro aqui no site e agora você pode conferir mais sobre a Ana!

Entrevista: Ana de Cesaro, do blog Tá, e Daí?!

Reprodução/Instagram

todateen: O livro Tá, e Daí?! conta um pouco da sua trajetória, de como resolveu mudar sua vida. Qual foi o start, o que deu a maior motivação para você começar essa luta? 

Ana: Tudo começou quando descobri uma traição do meu ex-namorado. Eu fiquei tão frustrada por perceber que estava em um relacionamento que não me fazia feliz que resolvi fazer um mochilão pela Europa para poder ficar um tempo sozinha e finalmente me encontrar. Eu não tinha muito dinheiro, pois não sou de família rica, então foi um mochilão feito na cara e na coragem, em que eu dormia até em vestiários das escolas de Pa-Kua (arte marcial que pratico) em que eu ficava. Lá na Europa eu comecei a fazer vídeos para o youtube como forma de manter contato com a minha família, amigos e alunos. E completamente sem querer eu comecei a ficar conhecida, pois as pessoas gostavam muito desse jeito meio moleca que tenho. Descobri na internet um novo amor, que era fazer vídeos para o youtube, então começou o meu sonho de viver dos vídeos que gravava, mas até então eu não tinha coragem de largar minha vida estável para me atirar nesta busca. Porém, infelizmente, com a morte do meu querido tio eu tive um despertar para a vida, lembrando que um dia eu vou morrer também e que se tenho um sonho, eu tenho que persegui-lo até conquistá-lo. Resolvi largar tudo e ir para São Paulo para me focar em viver de internet, mas ao me mudar para lá, resolvi também emagrecer,  pois eu era obesa e sofria muito com isso. Durante o emagrecimento e a busca desse sonho de viver de internet eu vivi muita coisa, aprendi muito e mudei demais. Achei justo escrever essa história toda em um livro para inspirar outras meninas e mulheres a fazer o mesmo. Não só emagrecer, mas acreditar em si mesma e saber que se você quiser, qualquer coisa é possível. O livro é uma prova concreta de que sonhos se tornam realidade. 

todateen: Li em uma entrevista que você chegou a sofrer bullying na adolescência e infância. Como foi isso? Pensando no passado agora, agiria diferente de como agiu na época? 

Ana: Na época foi muito ruim, eu chorava escondida e sofria muito, pois não sofria só bullying na escola, mas também pela minha família paterna, pois eles sempre me apontavam com a diferente, a feia, a menina com a cabeça na lua. O meu desejo era ser invisível, pois não queria mais enfrentar essas pessoas. Infelizmente quem pratica bullying não sabe o grave mal que causa e como isso pode afetar a vida de alguém. Se naquela época eu tivesse a cabeça que tenho hoje, não sofreria calada. Eu nunca falei sobre o que acontecia pra ninguém, nem para os responsáveis do colégio ou até para a psicóloga que me tratava. Naquela época eu achava que eles estavam certos e eu estava errada e isso me deprimia muito. O livro é justamente para ensinar quem lê que não se deve sofrer calado ou muito menos aceitar o bullying que se sofre. É importante fortalecer-se e procurar pessoas que possam ajudá-lo. Como diz a maravilhosa Demi Lovato, “Stay Strong”. 

Resenha "Tá, e Daí?", por Ana de Cesaro

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

todateen: Você é do Rio Grande do Sul e se mudou para São Paulo para se arriscar nos seus sonhos. Não bateu um medo? Sempre teve certeza de que era a escolha certa? 

Ana: Bateu sim!! Batia todos os diaaaas. Nos primeiros meses eu chorava quase que diariamente, sentia falta da minha mãe, irmã e gato hehehe, mas eu ficava lá porque acreditava muito no que eu queria. Não tinha 100% de certeza, mas acreditava muito e queria ver no que ia dar se eu realmente não desistisse diante da primeira dificuldade ou do primeiro não que recebesse. 

todateen:  Desde que começou sua busca por uma vida mais saudável, sempre compartilhou sua história nas redes sociais. Qual foi o papel da internet na realização de seus objetivos? 

Ana: Foi fundamental. Registrar o que se faz é importante porque você sente o compromisso, não necessariamente com outras pessoas, mas com você mesma. Quando eu me sentia desmotivada eu via meus vídeos e fotos antigas para me lembrar porque estava fazendo tudo aquilo e quanto já tinha mudado. Sem falar que o carinho dos fãs é uma coisa que sempre nos bota pra cima. 

todateen: E sobre o apoio dos fãs, internautas, é importante? Como é a sua relação com eles? 

Ana: É maravilhosa, eu amo infinitamente cada um dos meus fãs e a minha maior frustração é não poder dar atenção individual a eles. Eu tento responder a maioria, mas é realmente muito difícil. No começo da minha vida em São Paulo eu não tinha muitos amigos e os meus seguidores eram considerados meus amigos de bolso. Eu sabia que podia contar com eles para desabafar ou para receber uma palavra de incentivo. Eu não os chamo de fãs, chamo de Anjos da Guarda. Inclusive, há um capítulo no livro dedicado somente a eles, pois tenho histórias incríveis para contar, mas pra saber quais são vocês vão ter que lê-lo hehehe. 

Entrevista: Ana de Cesaro, do blog Tá, e Daí?!

Reprodução/Instagram

todateen: Teve algum momento que você sentiu que, realmente, tudo começou a mudar? Por exemplo, primeira vez que viu que tinha emagrecido, que seus seguidores começaram a aumentar… 

Ana: Acho que foi quando um grande portal de internet me chamou para uma entrevista. Até então eu ainda trabalhava em uma agência de publicidade em SP e era uma famosa anônima, quase ninguém sabia quem eu era e nunca havia aparecido na mídia sem que fosse em blogs de amigos meus. Foi um momento importante, que me deu motivação para continuar buscando o meu sonho. Lembro que enquanto eu respondia pelo telefone ficava me perguntando se aquilo realmente estava acontecendo. 

todateen: E quais foram as dificuldades nesse processo? Li em uma matéria que começar a academia exigiu muito de você! 

Ana: Começar academia foi extremamente difícil, pois eu morria de vergonha e tinha muito preconceito com o ambiente. Eu era muito gorda e não me sentia bem vinda em academias, felizmente encontrei pessoas maravilhosas pelo caminho que me fizeram sentir em casa e me fizeram perceber que na verdade a academia é um lugar muito legal, com pessoas dispostas a ajudar e aquelas que não querem (os marombas focados no próprio exercício) nem percebem que você está ali. Entender que eu não podia mais comer brigadeiro cada vez que ia assistir filme também foi complicado hahaha. 

todateen: Depois de tudo o que passou, o que tira como grande aprendizado? 

Ana: O meu maior aprendizado é que apesar das dificuldades, não importa quais sejam, nós não podemos desistir. Sempre vai haver alguém pra falar que você não vale nada, ou tentar lhe botar pra baixo, mas que quando se conquista o que quer, todas essas coisas ruins se tornam insignificantes perto da felicidade que se sente. 

todateen: E sobre autoestima, como você vê que ela evoluiu? O quanto ela está ligada a você se sentir bem consigo mesma, mais do que às medidas? 

Ana: Uma das coisas que mais fez minha autoestima melhorar não foi somente emagrecer, mas foi me tornar feminista. Sim, feminista. Eu era dessas meninas que torcia o nariz quando ouvia a palavra, ou até falava mal das mulheres feministas tipo “ai, essas feminazis só querem incomodar”. Mas o feminismo me empoderou. Me fez acreditar que não sou pior que ninguém por ser mulher e que não preciso emagrecer pra agradar qualquer pessoa ou ficar parecida com uma barbie. Eu tenho que emagrecer pra ser saudável e feliz. A beleza é algo que vem de dentro e independe de medidas, o importante é ser confiante e segura. Feminismo é o melhor creme anti haters. Indico muito. 

Resenha "Tá, e Daí?", por Ana de Cesaro

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

todateen: Qual sua dica para as garotas seguirem seus sonhos, independente de quais forem? 

Ana: A primeira dica é obviamente não desistir, a força de vontade é o mais importante para conseguir conquistar algo, mas não dá pra ficar sentada esperando cair do céu né? Para conquistar os sonhos é preciso estudar, se especializar e trabalhar muito! Entender que nem tudo são flores e que não vai ser fácil, porém se manter o foco e se dedicar, uma hora ou outra, inevitavelmente, o seu sonho se tornará realidade. 

todateen: Pra terminar, pode mandar um recado para as leitoras da todateen lerem o seu livro? O que podem esperar dele?

Ana: Eu estou tão feliz com esse livro que vocês não fazem ideia! Eu gosto muito dele porque é um livro interativo em que eu converso com a leitora e ainda deixo um espaço para vocês responderem, ou seja vocês vão poder escrever a história de vocês junto com a minha. É um livro que mostra a história de uma menina como você, que teve medo do primeiro beijo, teve dificuldades na escola, sofreu para saber o que faria na faculdade, enfrentou a balança, mas que depois de algum tempo conseguiu superar tudo isso. Eu estou aqui para contar para vocês que não importa o que vocês estiverem passando agora, acreditem, vai ficar tudo bem. 

Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.