Connect with us

Música

Entrevista com a cantora Fhabi Hanna

Published

on

Fhabi Hanna é gata, brasileira e está trabalhando com o mesmo produtor de Rihanna e Bruno Mars. Já ouviu o som da loira? Confira a entrevista e prepare-se para colocá-la na sua playlist!

Entrevista: Bruna Ferreira

Você é a primeira brasileira a ser produzida por Manny Marroquin, como surgiu essa oportunidade?

Apesar da vontade de ser cantora, iniciei meu caminho como artista sendo modelo, depois fui atriz e, com o apoio e incentivo de minha família e amigos, decidi começar a estudar e pesquisar o mundo da música pop. Foi por meio desses amigos que conheci Manny Marroquin e tudo começou com uma brincadeira. Fomos apresentados em uma festa e ele disse que adoraria aprender português. Aí eu disse: “se você produzir um álbum meu eu te dou um dicionário da língua portuguesa”. Assim que tive oportunidade, enviei para ele meu material, ele respondeu que tinha gostado e queria ser o meu produtor. Quase morri!

Entrevista com Fhabi Hanna

Foto: Mike Ho

 Como você define o seu estilo musical?

Eu escrevo todas as minhas letras, e percebi que minha música é para um público que gosta de pop, com letras que falam de atitude e superação. Percebi que esse tipo de música não tinha um representante no Brasil, não um que estivesse fora do rock, do axé ou do funk. Por isso, o que me proponho é um verdadeiro desafio. Buscar toda essa atmosfera da cultura musical e da indústria fonográfica brasileiras, mas ter os elementos do pop internacional guiando minha música.

Em duas semanas você já alcançou muitas visualizações no YouTube! Quais são os próximos planos?

Na primeira quinzena de novembro lanço um EP com quatro músicas, físico e via iTunes. Também estamos dando início à produção do nosso primeiro vídeo clipe e, assim como fizemos a produção das músicas com o Manny Marroquin, estamos em busca de um diretor que já tenha assinado vídeo clips dos grandes ícones. Já estamos conversando com alguns em Los Angele e logo teremos grandes novidades para os fãs.

Entrevista com a cantora Fhabi Hanna

Foto: Mike Ho

Você é ligada em moda? Tem alguma diva-inspiração na hora de se vestir?

Eu sou muito ligada em moda, acompanho todas as tendências e procuro fazer um mix do que as estrelas que eu admiro utilizam com o que eu gosto. É difícil apontar para apenas uma diva e dizer que é minha inspiração. Hoje em dia, as cantoras pop assumem uma estética muito pessoal para cada trabalho, veja como Lady Gaga e Katy Perry mudam seu estilo a cada novo trabalho. Mas, voltando a falar de moda, tem algumas grifes que eu admiro muito e fico sempre de olho nas novidades, que são a Calvin Klein e Dolce & Gabanna. Aqui no Brasil, eu gosto muito do estilo despojado da John John e da Ellus.

Qual peça não pode faltar no seu guarda-roupa?

Eu amo usar short, e, atualmente, eu preciso ter no guarda-roupa e também sempre coloco na mala um shortinho jeans. Está super na moda, dá uma atmosfera descolada e é muito confortável.

E na hora do make, o que vale mais: uma pele perfeita, um olho marcado ou uma boca chamativa?

Eu adoro os meus olhos e prefiro destacá-los mais que minha boca. Por isso, na hora do make eu já peço olhos bem marcados.

Seu cabelo é muito loiro, quais cuidados você tem com ele?

Cuidar dele dá um pouquinho de trabalho (risos). Eu faço hidratação duas vezes por semana, reconstrução dos fios uma vez por mês e o retoque da cor a cada dois meses. E ainda tenho um segredinho: todas as noites, antes de deitar, eu massageio os cabelos com óleo Morrocanoil e dou uma leve aquecida com um secador e lavo na manhã seguinte, assim que acordo. Mantém o cabelo incrível todos os dias.

Qual o seu maior segredo de beleza, pode contar pra gente?

Bom, além do Marroconoil que eu acabei de contar, rs, meu segredo é uma mistura infalível que me ajuda bastante: salto alto + atitude. Ninguém resiste a uma mulher cheia de atitude e com um lindo par de sapatos de salto alto. Por isso, esses dois elementos sempre estão comigo.

 

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Ex-Now United, Diarra Sylla comemora início da carreira solo, promete show virtual e manda recado para o Brasil

Published

on

Entrevista: Diarra Sylla fala sobre primeiro single da carreira solo, "Set Free", e dá spoilers de álbum em produção
Divulgação

Diarra Sylla conquistou uma quantidade enorme de fãs em todo o mundo quando foi apresentada como a integrante francesa-senegalesa do grupo global Now United. No último ano, os rumores de que a cantora e dançarina estava encerrando suas atividades com o grupo foram confirmadas, já que havia decidido se lançar em uma carreira solo. Muitas suposições estavam sendo feitas desde então, até que, nesta quinta-feira (25), a artista lança seu primeiro single, Set Free.

Com uma letra marcante e especial para fevereiro, quando é celebrado o Black History Month, mês da cultura negra em tradução literal, Set Free traz também um clipe repleto de referências históricas, dirigido por Meagan Good.

+ Teste: qual membro do Now United você é?
+ Vídeo: desafiamos o Now United no Jogo da Mímica!

A todateen entrevistou com exclusividade Diarra, que conta detalhes especiais sobre o single, alguns spoilers sobre o álbum que será lançado, e é claro, seu carinho pelos fãs brasileiros.

Confira!

todateen: O seu primeiro álbum solo será 100% pop ou podemos esperar outros estilos?

Diarra: Minha música não será 100% pop, será bem diversa, estou inserindo diferentes referências de letras, estilos musicais, culturas e tradições. Haverá afrobeat, eventualmente uma sonoridade que lembra o funk, meus fãs brasileiros poderão se identificar, e claro que terei algumas canções mais lentas com R&B, por exemplo, mas com toda certeza haverão mais músicas perfeitas para dançar do que qualquer coisa!

tt: Qual a maior diferença entre esse projeto e o que você contribuiu com o Now United? Existe um novo conceito dentro do seu trabalho musical?

D: Há uma grande diferença, porque no Now United eu estava gravando a música de outras pessoas, que escreveram e nos deram aquelas canções. Não havia relação profunda comigo, então quando se trata da minha música, estou cantando sobre coisas que aconteceram comigo, coisas que acontecem na vida real e irão inspirar as pessoas a mudarem e fazer o melhor, mas que ao mesmo tempo possuem aquela “vibe” e fazem as pessoas quererem dançar.

tt: “Set Free” é forte e traz essa mensagem importante para o Mês da História Negra. Você acha que essas letras intensas serão a marca da sua carreira?

D: “Set Free” foi feita por conta de tudo que tem ocorrido, especialmente em junho, com a marcha para George Floyd, assim como as múltiplas situações que se deram antes disso. Essa canção é especialmente relacionada a tudo que está acontecendo, foi uma forma de “colocar para fora” tudo que estava sentindo, assim como Meagan [Good] e todo o time envolvido no clipe. A gente quis enfatizar a luta, falar para as pessoas temos que nos posicionar e que não está tudo bem tudo isso ainda acontecer, é 2021. Não quero dizer que esse meu tipo de trabalho foi feito apenas para essa canção, mas quero falar que “Set Free” é uma declaração. É uma boa causa, eu faria isso quantas vezes fosse preciso.

tt: “Set Free” é sua primeira música solo, então podemos dizer que também se trata de fazer música do seu jeito?

D: Em “Set Free” eu recebi a ajuda de outro compositor, Kes Kross, assim como Riley Urick, então essa canção foi na verdade um trabalho de equipe. Todos investiram na canção e no clipe, foi um esforço coletivo.

tt: Como foi criar seu primeiro videoclipe solo?

D: Foi bem divertido e estressante! Muitas coisas estavam acontecendo, mas no final, tudo valeu a pena. O processo de gravar algumas cenas foi bem emocionante também, porque percebemos que “caramba, é isso que as pessoas passam, essa é a vida real”, então você está ali, encenando, para fazer as pessoas perceberem o que está acontecendo. Foi muito intenso. Lembro que estava na rua, correndo, quando a cena que as pessoas brancas atiram aconteceu, fizemos isso para o vídeo e logo depois eu comecei a chorar, Meagan também estava chorando, a gente começou a se abraçar enquanto chorava porque foi muito intenso.

tt: Você pode nos contar mais alguma coisa especial sobre o videoclipe? 

D: Eu diria que assim como a cena que lhe contei, existem várias que foram muito importantes para mim, que me inspiraram. O fato é que trabalhar com Meagan Good foi especial, ela é inspiradora, inteligente, bonita, ela é maravilhosa.

tt: Qual foi a parte mais desafiadora de fazer um álbum solo?

D: Eu ainda não terminei de fazer o álbum, por enquanto será só esse single, mas mal posso esperar para que os fãs escutem a música!

tt: Há rumores de que seu novo álbum terá colaborações, incluindo uma cantora brasileira. O que você pode nos contar sobre isso?

D: Vou dizer que rumores são rumores, vamos ver [risos]. Não posso falar muito sobre colaborações no momento, porque quero ver os fãs animados, tem sido um período muito longo de silêncio trabalhando em várias músicas e coisas extras, que por enquanto ainda não posso revelar. Mas, assim que tudo estiver pronto, prometo que eles vão enlouquecer porque vão ficar muito animados.

tt: Podemos esperar coreografias perfeitas para o TikTok em seus videoclipes?

D: Claro! TikTok é muito importante, todo mundo está falando sobre, todo mundo quer estar no TikTok, mães, pais, primos, crianças… Então com toda certeza, vamos ter algumas danças para TikTok e tudo mais!

tt: Podemos esperar um show virtual com suas novas músicas?

D: Com toda certeza! O mundo está diferente então, programas de TV, shows, tudo está acontecendo dessa forma, então definitivamente vou trabalhar em um show virtual para meus fãs.

tt: Você sabe que tem muitos fãs no Brasil, certo?

D: Acredito que sim!

tt: Há planos de vir ao Brasil depois da pandemia?

D: Definitivamente, eu amo o Brasil, não paro de falar disso, estou sempre falando com meus fãs no Brasil pelo Instagram, sempre tento responder. Há muitas mensagens, não vou mentir, mas estou sempre fazendo o possível para conseguir engajar com eles no Instagram e no Twitter. Então com toda certeza, assim que for possível, que essa situação de pandemia estiver controlada, vou ao Brasil, porque muitas coisas minhas estão acontecendo por aí!

tt: Qual é a sua mensagem para os fãs brasileiros?

D: Eu diria para vocês serem vocês mesmos, é o maior poder que você possui, não tente ser outra pessoa e ignore os haters. Na maioria das vezes, meus fãs do Brasil vêm até mim para tentar conversar sobre situações que estão acontecendo na vida deles que estão balançando a autoestima, como bullying. Sempre digo para eles continuarem sendo exatamente quem são, para não ligar para os haters, porque o mais importante é confiar em si mesmo. Don’t give a f!

Continue Reading

Entretenimento

Buddy Poke, Orochi, PK e Xamã se juntam em “Fiquei Rico Cedo”

Published

on

Buddy Poke, Orochi, PK e Xamã se juntam em "Fiquei Rico Cedo"
Divulgação

Mesmo que você não seja um fã assíduo de rap, já ouviu falar de Buddy PokeOrochi, PK e Xamã, artistas deste gênero que têm se destacado, principalmente pela estratégia de realizar parcerias com artistas de outros estilos musicais, o que acaba expandindo o alcance de seus projetos. Agora, os quatro rappers se somaram na canção “Fiquei Rico Cedo“, faixa divulgada nesta quinta-feira (25) com videoclipe.

A música possui um significado potente, já que os quatro artistas são conhecidos de longa data, quando começaram a carreira nas batalhas da roda cultural de São Gonçalo, Rio de Janeiro. “Fique Rico Cedo” é a primeira amostra de um projeto que envolve essas quatro revelações do rap e já está disponível em todas as plataformas, com clipe no YouTube.

“Essa é a primeira faixa de um projeto colaborativo em que traremos as superações e adversidades da época em que rimávamos nas batalhas até o atual momento em que movimentamos milhares de pessoas por todo o Brasil”, explica PK em comunicado à imprensa.

Vem ver:

“Essa música é muito especial pelo fato de reunir os mcs que faziam parte da Batalha do Tanque naquela época em que viver de música era só um sonho quase impossível”, disse Buddy Poke em comunicado à imprensa. “A Batalha do Tanque foi a nossa maior escola. Ali a gente se conheceu, aprendeu a malandragem das ruas e sonhou em ser artista junto”, completa Xamã.

Continue Reading

Entretenimento

SHINee está de volta! Confira tudo sobre o novo álbum “Don’t Call Me”

Published

on

SHINee está de volta! Confira tudo sobre o novo álbum "Don’t Call Me"
Divulgação

Eles estão de volta! Onew, Key, Minho e Taemin lançam nesta sexta-feira (26) o sétimo álbum da carreira, “Don’t Call Me“. Com nove faixas, o disco do SHINee marca o retorno oficial após três anos sem músicas novas, principalmente devido ao fato de os quatro sul-coreanos terem precisado se afastar da música para cumprir serviço militar obrigatório.

A sonoridade forte combinada com uma vibe apocalíptica deu o tom do projeto, que renderá muitas coreografias, afinal, pela primeira o grupo usou referências do hip-hop. Para completar, a faixa-título veio acompanhada de um videoclipe, vem ver:

Atualmente, o SHINee já conseguiu inserir “Don’t Call Me” em primeiro lugar no iTunes dos Estados Unidos. Ao todo, são 35 países em primeiro lugar: Estados Unidos, Austrália, Áustria, Bahrain, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Finlândia, Hong Kong, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Laos, Macau, Malásia, México, Nova Zelândia, Noruega, Peru, Filipinas, Polônia, Rússia, Arábia Saudita, Singapura, Eslováquia, Espanha, Suécia, Taiwan, Tailândia, Turquia, Emirados Árabes Unidos e Vietnã.

Confira o álbum completo:

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.