Connect with us

Entretenimento

Entrevista: conheça Ivan Baron, “influencer da inclusão” que produz conteúdos sobre capacitismo no TikTok

Published

on

Entrevista: conheça Ivan Baron, "influencer da inclusão" que produz conteúdos sobre capacitismo no Tiktok
Reprodução/ Instagram

Nascido no Rio Grande do Norte, Ivan Baron, de 23 anos, tem levado sua voz para todo o Brasil através de conteúdos produzidos para o Tiktok. Ainda criança, com apenas 3 anos, ele foi acometido por uma grave infecção alimentar que deixou sequelas: a Paralisia Cerebral, ocasionando deficiência física e mobilidade reduzida. O que parecia limitar o jovem à princípio, acabou fazendo com que ele conquistasse seu espaço na internet, levantando a bandeira da representatividade.

+Exclusiva: ícone no TikTok, Francisco Borsoi dá dicas para quem quer se destacar no app

Agora, com cerca de 60 mil seguidores no Instagram e mais de 120 mil no Tiktok, Ivan já palestrou em diversas escolas e, mesmo que não fosse seu objetivo a princípio, tornou- se conhecido como o “influenciador da inclusão”.

Percebi que a internet era um lugar em que não tinha corpos com deficiência para contarem suas próprias narrativas. Nem passou pela minha cabeça ser um Influenciador, nunca achei que as pessoas teriam vontade de me conhecer ou saber mais sobre Inclusão, e isso tudo era algo plantado pela sociedade capacitista”, conta.

Esse pensamento mudou em 2018. Ivan começou a usar as redes sociais para expor sua opinião e experiências e foi percebendo uma resposta cada vez mais positiva dos internautas. E, no caos de 2020, a carreira deslanchou após um vídeo no TikTok sobre a máscara inclusiva que usa – que tem o objetivo de ajudar pessoas com deficiência auditiva a lerem os lábios durante conversas.

capacitismo não é humor

Por mais que o Tiktok seja uma rede bastante voltada ao humor, as questões que o influenciador levanta na rede, não devem carregar esse viés. Capacitismo é o termo que designa a discriminação de pessoas com qualquer tipo de deficiência física. É diminuir alguém, achar que a pessoa não é capaz e tratar o outro com diferença. Nada disso cabe no nosso dia a dia e precisa ser cada vez mais combatido.

Para o influencer, “capacitismo é aquela ideia ultrapassada de que apenas corpos e mentes perfeitas são válidos, quem não preenche a esse padrão logo é excluído. “Assim como o racismo e vários outros tipos de preconceitos, ele é estrutural e está a todo momento em manutenção para se perpetuar”, conta Ivan.

+Exclusiva: após viralizar no TikTok, Gustavo Foganoli fala sobre vida pessoal

Comigo já aconteceu diversas vezes de chegar em um local, perceber que não era notado até que eu começasse a falar e me destacar mais do que as outras pessoas, e somente aí prestavam atenção em mim e não no meu modo de andar”, relembra. Além de dar voz a quem tem lugar de fala, ele frisa a importância do cuidado com o humor, citando o “Capacitismo Recreativo” – usar deficiências para fazer piadas que podem ofender, diminuir e não tem graça.

Na internet, também muito se fala sobre “normalizar” situações e condições que estão ou já estiveram em uma zona de preconceito. Para Ivan, não existe o ato de tornar normal o destaque e a presença de PCDs na internet.

Detesto o conceito de normalidade. O que deve acontecer é uma naturalização. Até mesmo por nossos pais, familiares e amigos”.

educação inclusiva

Palestrante em diversas escolas da rede pública, o influencer vai além das telas e luta por diferentes bandeiras dentro do que defende. Um dos tópicos levantados é a educação inclusiva, em que alunos com e sem deficiências convivem no mesmo ambiente de aprendizado. “A gente precisa misturar sim. O pensamento segregatório precisa ser excluído. Como as crianças ditas ‘normais’ saberão lidar com PCDs quando adultas? O período escolar é fundamental para esse tipo de relação”, afirma Ivan.

o poder da relevância da internet

Ivan ainda destaca o quanto a internet vem sendo um espaço para conscientizar as pessoas ainda mais acerca desse assunto: ” A internet ajuda muito levando informação. A maior parte do capacitismo é criado pela falta dela. Quanto mais pessoas com deficiência pressionarem essa tecla e falar sobre o assunto, melhor“.

+Entrevista: conheça Vittor Fernando, tiktoker de comédia que conquistou a internet

Mesmo assim, ele destaca que falta mais os outros influenciadores olharem para a questão da acessibilidade: “O principal, que é a Acessibilidade, os influenciadores não se preocupam, seja em legendar seus stories ou fazer uma descrição da última foto postada. Depois vem a questão de nos escutar, será que nosso conteúdo gera engajamento ou ao menos desperta interesse da maioria?”

referências e sonhos

Mesmo que a curtos passos, a internet se mostra um lugar cada vez mais inclusivo, mas ainda com poucas referências entre PCDs. Como suas inspirações, Ivan destaca a humorista Pequena Lô e o influencer Mateus (@vireiadulto). Além disso, afirma se inspirar também em influenciadores de conscientização social, seja de humor ou não, como Maria Bopp e Gabriela Loran. É cada vez mais importante levar essas questões para espaços como o Tiktok.

É importante para mostrar que nós existimos e que não somos aquele estereótipo que a sociedade criou. É muito gratificante ver crianças SEM deficiência, principalmente no tiktok, descobrindo que pessoas com algum tipo de deficiência podem ser inspiração para elas. Minha infância e adolescência toda nunca tive esse tipo de referência.”

O maior sonho de Ivan Baron é abrir um espaço único e individual para cada uma dessas pessoas. “Quero puxar a galera com deficiência para o palco. Não posso representar todas elas, cada indivíduo tem sua história e sua própria voz”, finaliza.

Entretenimento

Vídeo mostra momento em que cães de Lady Gaga são roubados; cantora oferece R$2,7 milhões pela devolução dos pets

Published

on

Cachorros de Lady Gaga são roubados e passeador dos cães é baleado, diz site
Reprodução/ Instagram

Dois buldogues franceses de Lady Gaga foram roubados nesta quarta-feira (24). O crime aconteceu enquanto o passeador dos cães, Ryan Fischer, foi abordado enquanto estava em uma caminhada com os pets na região de West Hollywood. O profissional levou quatro tiros no peito e está internado no hospital em estado grave.

O horror vivido pelo passeador foi divulgado pelo TMZ nesta quinta-feira (25). Em registro feito pelas câmeras de segurança, Ryan é visto com os cães poucos segundos antes de ser abordado de forma extremamente violenta. Depois de roubarem os cachorros, os atiradores atingem o profissional com um tiro.

Atenção: O vídeo contém cenas fortes que podem ativar gatilhos!

Lady Gaga está oferecendo 500 mil dólares (R$2,7 milhões) para quem conseguir devolver os cães.  A cantora não soube imediatamente do ocorrido, pois está na Itália no momento. Fischer era quem estava cuidando dos cachorros da artista, Kojji e Gustavo. Já Miss Asia, outro pet dela, fugiu e foi recuperada pela polícia ainda na noite da quarta-feira.

Segundo o portal, a polícia descreveu os suspeitos do crime como dois homens negros, que usavam bonés de beisebol na ocasião. Até o momento, não há notícias sobre o paradeiro dos cachorros. A artista usou seu Twitter para se manifestar sobre o ocorrido.

“Meu coração dói e estou rezando para que minha família esteja inteira de novo com um ato de bondade”. Ela ainda fez um comentário sobre Fischer: “Eu continuo te amando, você arriscou sua vida lutando pela nossa família”.

Continue Reading

Entretenimento

Billie Eilish revela namoro com rapper no documentário “The World´s A Little Blurry”

Published

on

Billie Eilish fala sobre novo álbum: "Não teria feito se não fosse o coronavírus"

“The World´s A Little Blurry” já está entre nós! O documentário que tem o objetivo de mostrar mais sobre a vida de Billie Eilish e sua relação com os fãs chegou nesta sexta-feira (26), na AppleTV+ e já está dando o que falar.

Isso porque, durante o longa a cantora fala sobre seu relacionamento com o ex-namorado Brandon “Q” Adams, que é conhecido por seu nome artístico 7: AMP. Também não sabia dessa? É porque o relacionamento foi mantido em segredo do mundo por mais de um ano.

O documentário mostra vários momentos dos dois de mãos dadas e se abraçando. Há filmagens deles nos bastidores de um dos três shows da cantora no The Fonda Theatre em Los Angeles, em novembro de 2018. Na época, ela tinha 16 anos e ele 22.

Ela ainda revelou o motivo de ter terminado com o rapper: Eu simplesmente não estava feliz. E eu não queria as mesmas coisas que ele queria e não acho isso justo para ele. Eu não acho que você deveria estar em um relacionamento, super animado com certas coisas que a outra pessoa não dá a mínima”.

sobre o documentário

Durante uma entrevista para o programa The Late Show with Stephen Colbert, ela revelou que a Billie de uns anos atrás pode não a agradar muito como antes. “É nada menos do que eu. E isso é um pouco desapontante porque eu era bem irritante na época. É pesado, é difícil para eu assistir“.

Ela contou que quando viu o documentário pela primeira vez, levou cerca de cinco horas para digerir tudo. “Eu não ia deixar ninguém ver antes que eu assistisse…A primeira versão tinha cerca de três horas de duração, talvez até mais. Demorou cerca de cinco horas para que víssemos tudo porque a gente ficava parando“, comenta citando três amigos que assistiram junto dela. “Teve um certo momento em que eu parei, gritei e fiquei correndo pela casa“.

Ela ainda finalizou desabafando sobre como o documentário não deve refletir tudo o que ela é, e sim uma pequena fração de sua vida.

No trailer do projeto podemos ver a artista durante as gravações de seu álbum de estreia, “When We Fall Asleep, Where Do We Go?”, ao lado do irmão FINNEAS, que ajudou na produção do documentário. Também vemos melhor a relação de Billie com os fãs e como eles são importantes para ela.

Ela também comenta sobre o processo de começar a compor as músicas: “Eu pensei, por que não transformar isso em arte ao invés de apenas sentir?“.

Veja o trailer completo:

Segundo o The Hollywood Reporter, Billie recebeu o valor milionário de US$ 25 milhões – aproximadamente R$150 milhões – para estrelar o documentário, que tem como foco mostrar os bastidores da vida da artista após o sucesso do álbum When We All Fall Asleep Where Do We Go?.

Continue Reading

Entretenimento

BBB21: João Luiz escolhe tema da festa do líder e faz suspense entre os participantes; confira tudo o que ele pediu

Published

on

BBB21: João Luiz escolhe tema da festa do líder e faz suspense entre os participantes; confira tudo o que ele pediu
Reprodução/ Instagram

O líder da semana no BBB21, é o professor de Geografia João Luiz, que levou a melhor durante uma prova em que os participantes deveriam acertar pontuações altas em um jogo de arremesso. Nesta sexta-feira (26), ele pôde escolher o tema de sua festa e o resultado foi “Ambiente do professor”.

João Luiz havia escolhido o tema “Anos 80”, mas recebeu um pedido da produção para mudar. Mesmo assim, ele pôde escolher algumas coisas. Ele disse que vai ter pizza, hambúrguer e outras comidas “fáceis”, para comer na pista de dança. Para os doces, ele escolheu bolo de chocolate e docinhos como cajuzinho e bicho de pé!

O brother não quer dar nenhuma pista sobre o tema da sua festa e acabou causando curiosidade nos confinados. Todos brincam com o mistério e o Líder avisa qual será o look dos brothers: “Jeans e blusa branca“. Eles insistem em saber o tema e o professor de Geografia adianta: Não vou revelar“. Por aqui já estamos ansiosas para ver todos os lookinhos!

 

 

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.