Connect with us

Entretenimento

Entrevista: Dennis DJ detalha trajetória na música e revela por que já recusou algumas produções

Published

on

Reprodução / Instagram

Basta frequentar uma festa que toque o mínimo de funk que, com certeza, alguma música do Dennis DJ vai aparecer. Ele é o produtor por trás de grandes hits, como Malandramente, Só Você e a famosa Medley da Gaiola, que chegou a atingir o número 1 do Top 50 Viral Global.

Mas o que chamou a atenção de muita gente foi descobrir que ele está na indústria há muito anos, e foi responsável também por vários outros hits, como Cerol na Mão e Jonathan da Nova Geração. E essa descoberta só aconteceu quando ele postou um vídeo em uma rede social dançando seus próprios sucessos.

O passado

Em uma entrevista exclusiva com a todateen, ele contou por que acredita que, antigamente, as pessoas não associavam o nome com seu trabalho.

As pessoas valorizavam mais quem cantava, não o produtor“, comentou. “Isso foi mudando conforme os anos foram passando. A era Calvin Harris e David Guetta também ajudaram. Foi a partir de 2009 que comecei a mostrar meu trabalho, que eu escrevia e produzia as músicas. Eu também era artista, não era só o cara que cantava. Aqui no Brasil, com a explosão do David Guetta, as pessoas enxergaram mais e entenderam o DJ produtor“, completou Dennis.

Na indústria musical desde 1996, ele contou quando tudo começou:  “No comecinho de 1997 eu entrei na Furacão 2000 e aí não parei mais. Comecei a fazer uma música atrás da outra até chegar nos hits que fizeram crossover no Brasil todo, que foram ‘Cerol Na mão’, ‘Dança da Motinha’, ‘Jonathan da nova geração’“.

@dennisdjoficialParte 2 do meu challenge 👏🏼##dennisdasantigascheck ##challengedennisdasantigas usem a # pra que eu possa curtir e comentar o vídeo de vocês ☺️♬ Dennis Das Antigas parte 2 – dennisdjoficial

E com tanto tempo nesta indústria, Dennis desabafa: “Não são todas as músicas que viram sucesso. Tem muita coisa que não tenho coragem de lançar, mas graças a deus a grande maioria virou hit.”

As letras do funk

Uma coisa que chama muito a atenção nos vídeos que ficaram famosos é que, em todos, Dennis está com a filha, Tília Fialho, de 17 anos. Ela é a do meio e, durante esta quarentena, está passando muito mais tempo com o pai. É ela, inclusive, que ajuda o ajuda a fazer os vídeos do TikTok. “A gente já era próximo, mas agora na quarentena ficamos ainda mais. A relação é maravilhosa“, conta o produtor.

View this post on Instagram

Feliz aniversário para o meu melhor amigo 💕 Te amo, pai ✨

A post shared by TÍLIA 🔥 (@tiliafialho) on

Mas não dá para negar que algumas letras de funk têm conteúdos mais pesadas e, muitas vezes, machistas. Dennis contou que se preocupa com isso e diversas vezes já deixou de produzir músicas por conta disso ou pediu para mudar a letra.

Não só porque eu tenho filha mulher, mas sim por uma questão de bom senso. Crio minhas filhas com a mente muito aberta, não é porque a música diz tal coisa, que ela vai fazer. Não é a música que vai definir os atos dela e fazer com que ela aja de maneira certa ou errada… a música conta uma historia, e o próprio nome diz: história. Ou seja, não necessariamente quer dizer que seja real. Assim como um filme ou uma minissérie, não é porque o personagem está usando droga que você deva usar, não é um bom exemplo, mas está ali. Assim como na música, se tiver uma conotação, não é um bom exemplo e sempre ensinei a elas assim”, ele contou.

Próximos trabalhos

Como estamos em quarentena, o esperado era que Dennis estivesse aproveitando o tempo livre, mas ele contou que não é bem assim. O produtor tem um filhinho, de um ano, e está aproveitando o tempo em casa para acompanhá-lo de perto.

“Tempo livre, para mim, não tá rolando muito, mas estou produzindo, sim. Tenho várias músicas que estavam em andamento e eu to finalizando, algumas refazendo até do zero. Outras parcerias estão surgindo, como a com a Adriana Calcanhotto, que me convidou para fazer uma produção para o álbum dela, que vai ser lançado agora. Tem também as lives, que além de tocar por 5 horas, eu ainda faço o after. Além disso, eu monto todo o equipamento de transmissão e o cenário. Então, trabalho não para”, disse.

Mas não pense que ele é inacessível, viu! Quando perguntamos sobre possíveis colaborações que ele gostaria de fazer, Dennis foi super sincero: “Com quem quisesse colaborar comigo“, respondeu, rindo. “Eu sempre sou assim. Sempre quero a parceria que me quer como parceria. A gente se encontra, vê um artista, troca uma ideia.

Próxima live

E, se toda essa entrevista te deu saudades de ouvir as produções do DJ, pode relaxar, porque no sábado (30), tem mais uma live dele! Para comemorar os sete anos do Baile do Dennis, às 20h, em seu canal do Youtube e com transmissão para a TV, através do canal Multishow, poderemos curtir o som do DJ mais uma vez.

Confira como foi uma de suas últimas lives:

 

Entretenimento

BBB21: em Jogo da Discórdia, Juliette escolhe Viih Tube como aliada

Published

on

BBB21: em conversa sobre formação do paredão, Juliette dispara sobre sister: "Se eu fosse o público, eu tirava ela"
Reprodução / Globo

Nesta segunda-feira (8), aconteceu mais um Jogo do Discórdia no BBB. De uma forma mais leve, os brothers tinham que escolher alguns nomes para dizer se eram aliados, decepções, saudades ou ameaças.

A primeira parte disso você pode conferir aqui. A segunda começou com Pocah, que colocou sua maior decepção como Gil e a maior saudade como Thais. “A gente tem uma troca muito grande desde o começo do programa”, comentou a cantora, entre lágrimas.

Viih Tube falou que sua maior decepção foi Arthur, enquanto sua maior saudade foi Thaís.

Projota colocou como ameaça João e, como aliado, Arthur. “Desde o primeiro dia, meu maior aliado está do meu lado“, comentou ele.

Thaís colocou Arthur como ameaça. “Ontem eu tive que falar meu voto e ele sabe que ele foi minha opção de voto“, justificou. Enquanto como aliada, colocou Viih. “A gente tem muita conexão“.

Por fim, Juliette colocou Arthur como ameaça. “Não é pela maioria. Eu sempre defendi o caráter e a postura do Arthur. Eu confiei nele, mas ele é uma ameaça aqui. Ele me votou, me coloca em situações em que eu pareço estar errada“. Quanto ao aliado, ela escolheu Viih. “Ela me traz muita força e só reforça o lugar em que sempre estive. Meu lugar nunca foi de muito carinho ou muito acolhimento, meu lugar sempre foi de força“, explicou ela. “Aliado para mim é quem quer me ver bem“.

Continue Reading

Entretenimento

BBB21: em Jogo da Discórdia, Carla diz que Arthur foi sua maior decepção

Published

on

BBB21: Carla Diaz desabafa sobre relação com Arthur: "Posso ter ficado cega"
reprodução / Globo

Nesta segunda-feira (8), aconteceu mais um Jogo do Discórdia no BBB. Dessa vez, os brothers não queriam participar da brincadeira, já que mais cedo haviam recebido uma homenagem por conta do Dia das Mulheres e estavam muito abalados.

Contudo, como a vida não é feita apenas do que queremos, eles tiveram que participar, sim, do jogo. Arthur foi o primeiro, tendo que responder quem era sua maior ameaça e seu maior aliado. Os nomes, respectivamente, foram Gil e Projota.

Caio teve que falar a maior decepção e a maior saudade. “A pessoa que me colocou no paredão [Carla] porque me surpreendeu“, justificou o brother sobre sua decepção. Sobre a saudade, o brother obviamente escolheu o Rodolffo. “Tudo que eu vivi com ele aqui me surpreendeu demais. Eu já era muito fã e você chegar e conhecer, ver que a pessoa que você sempre acompanhou é mais do que isso, é muito bom“.

Carla teve que responder as mesmas coisas e disse que sua maior decepção foi Arthur. “Falta de diálogo e falta de comunicação, porém minha maior saudade também vai ser ele“.

Na vez de João, ele comentou que a maior ameaça para ele é Projota. “Na última semana a gente tem se aproximado mais, mas acho que não posso excluir o que a gente já viveu”. Sobre o aliado, o professor respondeu que é a Camilla.

Fiuk colocou Arthur como maior ameaça e Gil como maior aliado. “Foi a primeira pessoa a me acolher no jogo, ele me fez abrir o olho“.

Sarah contou que a maior decepção dela é Arthur. “Aconteceram algumas coisas aqui dentro que me fizeram duvidar do jogo dele“, disse ela. A maior saudade dela seria Gil. “Ele é minha outra metade aqui“.

Rodolffo também respondeu essa e disse que a maior decepção foi Carla. “Algumas incoerências, tanto ouvidas por outros participantes quanto percebidas diretamente a mim“. Já como saudade, obviamente, ele escolheu Caio.

Gil teve que falar sua maior ameaça, e escolheu Projota. “É um jogador extremamente inteligente. Acredito que ele tenha o domínio e inteligência para reverter situações“. Enquanto a maior aliada é a Sarah. “Ela é minha cola, minha força“.

Camilla escolheu a maior ameaça como a maior ameaça. “Acredito que se ele ganhasse uma liderança, ele poderia me colocar no paredão“, enquanto maior aliado foi João.

Continue Reading

Entretenimento

Exclusiva: Duncan Laurence, dono do hit “Arcade”, explica origem dramática da música

Published

on

Foto por: Paul Bellaart

Se você tem uma conta no TikTok, provavelmente já ouviu a música “Arcade“, do Duncan Laurence. O cantor ficou conhecido por ganhar o Eurovision de 2019, em Israel. O single é de seu primeiro álbum, intitulado Small Town Boy.

Em entrevista exclusiva à todateen, o artista contou a história dramática por trás de sua música de sucesso, falou sobre sua parceria com Fletcher e ainda contou que sente vontade de conhecer o Brasil. Confira:

Quando você percebeu que a música tinha virado hit?

Um dia, meu produtor me ligou e falou “Acho que você precisa dar uma olhada no TikTok porque tem algo acontecendo com ‘Arcade’” e quando eu vi, eram fãs de Harry Potter usando a música para criar novas cenas. Eu sou muito fã da saga, então me senti honrado em fazer parte disso. É uma comunidade muito grande. E, depois disso, percebi que era uma trend. Continuou crescendo e mais pessoas começaram a ouvir. Foi muito legal ver tudo isso acontecendo. Foi muito inspirador ver tantos vídeos criativos e pessoas interpretando a música da forma delas.

Você imaginava que esse sucesso pudesse acontecer com suas músicas?

A coisa que eu acho mais difícil, atualmente, é não saber se a música vai ser tornar um hit, porque isso quem decide são as pessoas. Por exemplo, ‘Arcade’, foram as pessoas no TikTok quem decidiram usar. E a partir daí, mais pessoas começaram a ouvir e se conectar com a canção. Honestamente, acho que hoje em dia é sobre a história. Isso se conecta com as pessoas? Se sim, acho que será ouvida por muita gente. Mas resumindo, não, eu não tinha ideia de que faria esse sucesso quando eu estava escrevendo atrás do meu piano empoeirado.

E por falar no processo de criação, qual é a história dessa música?

Eu a escrevi há alguns anos, talvez há quatro ou cinco, e peguei a história de uma amiga minha, que morreu tragicamente. Ela era um pouco idosa, era uma amiga da família, e tinha o amor da vida dela. Porém, eles haviam se divorciado há alguns anos e, infelizmente, quando ela morreu, ele não foi se despedir.

O que me marcou é que, mesmo no leito da morte, ela continuava olhando para a porta e esperando ele chegar, mas isso nunca aconteceu. Então, eu prometi a mim mesmo, quando ouvi essa história, que não deixaria o amor dela morrer. Eu queria transformar isso em algo bonito, e foi como comecei ‘Arcade’. Adicionei também um pouco das minhas experiências, porque cresci em uma cidade bem pequena e só depois fui para uma cidade maior. A história dela está viajando o mundo e sendo ouvida por muita gente e acho que tem um pouquinho dela nisso.

E como aconteceu a parceria com Fletcher?

Fletcher trabalhava com a mesma equipe que eu nos Estados Unidos e eu estava ouvindo muita coisa sobre ela, me inspirando muito. Ela apoia bastante as pessoas Queer e toda a vibe dela é tão boa… é uma mulher maravilhosa para ouvir, ela é muito talentosa. Então, o momento que ela me chamou e falou que seria legal ter um verso em ‘Arcade’ eu fiquei tipo: ‘Sim, por favor, faça o mais rápido possível’, porque eu adoro ela. Então, a gente combinou nossos dois mundos juntos e eu achei um processo legal. Eu estava cantando há um tempo já, mas ter uma pessoa nova que se atrai tanto por seu trabalho e poder misturar as coisas foi muito legal. Mal posso esperar para mais duetos e colaborações com outros artistas.

E agora que fez tanto sucesso, se sente pressionado para os próximos lançamentos?

Eu não posso mentir, então sim, eu me sinto pressionado, mas de um jeito bom. Minha música está sendo ouvida e as pessoas estão gostando. Muita gente tem falado sobre a letra e a melodia, e são coisas que eu foco muito quando estou escrevendo. Então, tem a pressão, mas acho que é mais de um jeito animado, estou entusiasmado para lançar mais coisas. No fim, eu vou fazer música que eu acredito e acho boa.

E, para terminar, o que você acha do Brasil? 

Eu amo o Brasil! Ouço muita coisa sobre vocês, mas infelizmente nunca visitei. Na verdade, eu nunca saí da Europa, exceto por Los Angeles, nos Estados Unidos. Mas eu ouço muito sobre como a tradição musical de vocês é linda. Então, o que eu adoraria fazer se visitasse o país seria beber uma boa taça de vinho, cerveja ou qualquer outra coisa na rua, comer uma comida maravilhosa e sair, me divertir. Porque eu sei que tem muita coisa bonita aí.

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.