Connect with us

Comportamento

O esoterismo na moda: conheça a vesteterapia

Published

on

O esoterismo na moda: conheça a vesteterapia
Rawpixel

Você já ouviu falar em vesteterapia? O termo não é muito conhecido e carrega particularidades bastante esotéricas (baseado em doutrinas filosóficas), mas se caracteriza como uma terapia alternativa na área da moda. Se você acredita que emanamos energia de acordo com o que vestimos, vai adorar saber mais sobre esse conceito!

De acordo com Luciana do Rocio Mallo, responsável por trazer o estudo da vesteterapia no Brasil, com essa terapia alternativa é “possível transformar o humor e até amenizar enfermidades através das roupas“. Conversamos mais com ela para saber sobre esse estilo de vida e com uma mulher super adepta a ele, vai que te inspira a começar?

explicando o conceito

Embora seja uma terapia pouco falada e conhecida ela não é tão nova quanto parece. Luciana conta que essa terapia mística é uma prática de dois mil anos atrás, que surgiu nas mulheres da Grécia Antiga, em um lugar chamado gineceu, onde ficavam mães, filhas, avós. Elas perceberam que poderiam manifestar os sentimentos através do que vestiam e começaram a investir no estudo, que se perpetuou até os dias de hoje.

Luciana enfatiza que é importante entender, antes de tudo, que essa terapia através da moda não é algo comprovado cientificamente, sendo mais uma filosofia de vida.

É bom destacar que a vesteterapia está mais perto do esoterismo e da semiótica do que da ciência. Para os povos antigos as roupas com misturas coloridas, conforme os deuses, poderiam barrar algumas doenças. Isto não significa que as roupas coloridas sejam capazes de barrar doenças na realidade. Mas naquela época acreditavam nisto devido ao culto aos deuses . Era uma superstição. Conforme a ciência, roupas coloridas não barram doença nenhuma. Mas para a psicologia roupas coloridas tem o poder de animar a pessoa. E é nisso que acreditamos“.

mudança no comportamento e amenização de doenças

A estudiosa explica que cada vez mais fica nítido o impacto que usar certos tipos, estampas e cores de vestuário tem na vida das pessoas. Pode parecer besteira, mas as roupas podem dizer muito sobre sua situação atual e até mudar comportamentos e ajudar em doenças.

Quando uma pessoa está com Depressão e veste roupas coloridas, ela se torna mais alegre e isto fica nítido. Outro exemplo é quando uma pessoa brincalhona veste uma roupa escura e com traços sérios, ela fica mais comportada. Porém estas variações de comportamento estão no inconsciente e foram provocadas de uma certa maneira pelos tipos de roupas. Já foi provado que roupas amarelas abrem o apetite e vermelhas trazem energia e aumentam a sede, por exemplo“, conta Luciana.

acessórios inclusos nessa!

E não só peças de roupa podem ter impacto no nosso humor e doenças. Luciana apresentou o exemplo das toucas de inverno. Existem vários tipos no mercado e cada um diz muito sobre uma pessoa, e por vezes ela pode nem perceber a impressão que passa. Alguns exemplos disso são:

Touca de lã com pompom em cima: é sinal de que a pessoa é brincalhona e descontraída.

Touca estilo boina de pintor francês: significa que sua dona é criativa, sensível e exigente.

Gorro com orelhas de personagens: a pessoa é sonhadora, esperançosa e com bom coração.

Touca com cachecol embutido: quer dizer que a moça é prática, ágil e inteligente.

Gorro estilo anos vinte com flores costuradas do lado: a mulher é romântica, delicada e gosta de ajudar o próximo.

Boné de lã: usado por pessoas guerreiras, esforçadas e trabalhadoras.

Touca Inca Peruana: a criatura gosta de viajar, curte aventuras e enfrenta seus medos de frente.

Outro excelente exemplo que vem de tempos é o leque, que foi utilizado como linguagem secreta entre os jovens numa sociedade moralista no passado. Por exemplo: se a dama abrisse o leque junto com um sorriso era sinal que ela era solteira e aceitava encontros. Mas se ela fizesse cara triste e o leque permanecesse fechado significava que ela era comprometida“. Mais um indício da linguagem da moda.

a fama das estampas tie dye

Algo curioso e completamente explicado pela vesteterapia é a fama das estampas tie dye em 2020. De acordo com Luciana, tem tudo a ver com a pandemia que estamos vivendo esse ano.

Nas sociedades antigas, há 2000 anos atrás, quando uma enfermidade atingia uma aldeia, as pessoas vestiam roupas coloridas. Pois segundo a tradição de alguns deuses, as peças coloridas tinham o poder de expulsar as doenças com as mistura de suas cores. Essa moda surgiu do inconsciente das pessoas, que quiseram colocar para fora todo o transtorno e frustração sentidos esse ano”.

aderi e aprovei!

Mari Cruz, apresentadora e diretora de rádio, contou que aderiu à terapia há dois anos e vem entendendo mais sobre si mesma e como usar a moda a seu favor.

A maneira como eu enxergava a moda muito muito, como se as pessoas falassem algo através da roupa, das suas cores, então agora antes de comprar alguma roupa observo se ela realmente tem algo a ver comigo”, conta.

Ela disse que sentiu impacto até em áreas da moda pouco exploradas por ela, abrindo leque para muitas outras possibilidades.

Eu não gostava de roupas muito coloridas porém estudando a vesteterapia eu descobri que as roupas multicores, conforme os antigos, cujo o nome hoje é tie dye, têm o poder de barrar as doenças e os vírus, então passei a usar e gostar“.

como começo?

Mari ainda dá dicas para quem se interessou e, assim como ela, quer começar com essa terapia sobre a moda:

As dicas que eu dou as pessoas é leiam bastante sobre o assunto, procurem na internet tem vários artigos a respeito, e tenha certeza que depois que você estudar sobre vesteterapia  você vai olhar as roupas com outros olhos e as pessoas que estão usando também”.

Luciana também indica ler sobre todos os efeitos que essa moda esotérica têm e mergulhar de cabeça, seguindo sua intuição e gostos já existentes. Sempre que comprar uma peça, a especialista indica analisar a estampa, cores, modelos e por fim, a impressão que passará para si mesma, e a quem te observar. É legal sempre estar em contato com psicólogos e especialistas no assunto para entender como essa terapia pode se aplicar a você em todos os aspectos da vida.

Comportamento

Verão em casa: para ser saudável, você não precisa mudar seu corpo ou fazer dieta

Published

on

Verão em casa: para ser saudável, você não precisa mudar seu corpo ou fazer dieta
Rawpixel

Seu corpo mudou na quarentena? Saiba que você não é a única, afinal, estamos há muito tempo em casa, sem andar por aí todos os dias, com a ansiedade batendo e uma vontade mais frequente de pedir um lanche pelo delivery. Nesse verão, muitas mulheres ganharam peso, algumas estrias e celulite. Com a chegada da estação perfeita para colocar o biquíni e aproveitar o sol – mesmo que na varanda de casa para respeitar o isolamento social – boa parte das mulheres sentem a pressão social pelo corpo magro inalcançável, que, na maiorias das vezes, é sinônimo de dietas nada saudáveis e procedimentos estéticos.

+7 protetores solares para cuidar da pele neste verão

+Verão: 6 itens para o seu cãozinho aproveitar os dias mais quentes do ano

+Verão: 8 produtos para incluir na sua rotina capilar

Em primeiro lugar, uma mulher gorda não necessariamente está com problemas de saúde, na verdade, ela pode estar muito mais saudável do que uma pessoa que se enquadre nos padrões sociais de magreza. A questão é que existe um senso comum tóxico que nos faz julgar nossos corpos, principalmente no verão.

Todos os corpos estão prontos para o verão, já que ter uma vida mais saudável não implica necessariamente na perda peso. Alimentação equilibrada e exercícios físicos são essenciais, mas não estamos falando de fins estéticos! “Ficar longos períodos sentados, ou mesmo em pé, levam a problemas circulatórios que, por sua vez, podem resultar em trombose, ou seja, um coágulo sanguíneo que se desenvolve no interior das veias das pernas impedindo, assim, a passagem do sangue”, alerta a Dra. Vanessa Vargas Ferreira, médica e nutróloga“Por isso, a dica é: mexa-se, mesmo em casa!”, completa.

Saúde e estresse não combinam

A Dra. Vargas Ferreira frisa que neste processo de mudança para uma rotina mais saudável não basta se exercitar e comer bem, a terapia com psicólogos pode ser essencial. “A função dos alimentos vai muito além da nutrição, também está relacionada ao afeto. É comum demonstrarmos afeto e carinho por outras pessoas através da comida. Trabalhar as emoções é essencial para aprendermos a nos relacionarmos de forma mais saudável com a nossa própria alimentação e nossos corpos”.

O trabalho com profissionais para mantermos a saúde mental se torna indispensável durante a quarentena, já que tem se tornado cada vez mais comum o desconto da ansiedade na comida. “Muitas pessoas utilizam a comida como ‘válvula de escape’, uma forma de alívio diante de situações estressantes. Assim, o comportamento alimentar está frequentemente relacionado às nossas emoções e não são incomuns, portanto, transtornos alimentares e sintomas associados a culpa, a vergonha, tristeza e ansiedade”.

Falando em saúde mental, não dá para entrar em dieta restritiva se o seu objetivo é saúde, já que essa “proibição” pode ter efeitos mais negativos para o seu bem estar. “Uma prescrição adequada e personalizada é fundamental nesse momento de pandemia, para manter uma boa alimentação, alta imunidade, maior disposição e evitar riscos de doenças. A rotina alimentar deve ser adequada a cada paciente, gerar bem estar e resultados saudáveis – e não estresse”, completa a Dra. Vargas Ferreira.

Alimentação sem restrição

A Dra. Mariana Amaro Castro Maciel Arjona, médica referência em nutrição do “Dr.Consulta”, acredita que muitas vezes a solução para seus pacientes pode ser mais simples do que eles podem imaginar. “É preciso avaliar o padrão alimentar como um todo, principalmente nos momentos de ansiedade, para entender qual o tipo de alimento, horário, quantidade que a pessoa está ingerindo e em cima disso, sugerir mudanças. Às vezes, uma simples redistribuição ou troca dos alimentos pode ajudar. Em outros momentos, buscar outras atividades prazerosas podem ser a saída. O ideal mesmo seria aliar o aconselhamento nutricional e o psicológico juntos”.

“Acredito que uma alimentação equilibrada não passa por dietas rígidas na grande maioria dos casos. Dietas rígidas muitas vezes implicam na exclusão de determinados alimentos ou nutrientes e já aí deixam de ser equilibradas. Uma alimentação saudável deve ser variada, contemplando alimentos de todos os grupos alimentares, distribuídos de maneira equilibrada e nas quantidades ideais. Só desta maneira ela irá fornecer todos os nutrientes necessários e contribuir para uma boa saúde”, afirma a Dra. Mariana Arjona.

A médica incentiva seus pacientes a cozinharem mais, e agora na quarentena, alguns até arriscaram começar uma horta. A Dra. Arjona afirma que esses hábitos trazem um interesse por variedade no prato, que é livre de agrotóxicos ou grandes quantidades de sódio, açúcar e conservantes.

E os fãs de fast food? A Dra. também olha para essa questão com equilíbrio: “Na maior parte dos casos, desde que a pessoa tenha um bom padrão alimentar na maior parte do tempo, tenha um estilo de vida saudável, pratique atividade física, esteja bem clinicamente, não será um fast food eventual que comprometerá. Mas uma avaliação profissional mais apurada deve ser feita para individualizar essa recomendação”.

Continue Reading

Comportamento

Verão: 6 itens para o seu cãozinho aproveitar os dias mais quentes do ano

Published

on

Reprodução/Amazon

Quer que seu cãozinho aproveite melhor esse verão? Então você está no lugar certo! Preparamos uma lista com alguns itens que vão trazer conforto e bem-estar para o seu melhor amigo de quatro patas durante a estação mais quente do ano. Olha só:

1. Protetor Solar Make Me Bluish:

Com fórmula vegana, este item é à prova d’água e possui FPS 30 que promove uma proteção eficaz para o seu amigo de quatro patas.

Reprodução/Amazon

2. Comedouro Brinquedo, Pet Games:

Com 4 aberturas ajustáveis que permitem 8 níveis de dificuldade, este comedouro vai estimular seu pet a brincar e trabalhar para obter o snack do dia. Legal, né?

Reprodução/Amazon

3. Mangueira de Jardim Fonte de Água:

Ideal para ajudar o seu pet a se refrescar, esse produto tem fácil conexão com qualquer mangueira de jardim e é acionado quando o cãozinho empurra o pedal.

Reprodução/Amazon

4. Ferplast Amigo Mini Fita, Guia Retrátil:

O passeio não pode faltar, né? Essa guia retrátil tem deslizamento silencioso e três funções diferentes: bloqueio, rolagem livre e parada momentânea.

Reprodução/Amazon

5. Bebedouro Portátil Plástico Sanremo:

Hora da hidratação! Além de ter um design inteligente e moderno, esse bebedouro portátil é ideal para levar em passeios e viagens.

Reprodução/Amazon

6. Tapete Gelado Tamanho M, Chalesco:

Com design dobrável e portátil , esse tapete proporcionará uma sensação de bem-estar nos dias mais quentes do ano.

Reprodução/Amazon

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com o site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a TodaTeen pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3a1r1fa

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3d11kxr

Continue Reading

Comportamento

Exclusiva: As Baías e Luísa Sonza se juntam em “Quarto Andar” para falar sobre amor em tempos modernos

Published

on

Divulgação

O grupo musical As Baías, composto pelas cantoras e compositoras Raquel Virgínia, Assucena Assucena e pelo cantor, compositor e produtor Rafael Acerbi, lançaram nesta sexta-feira (15) o single “Quarto Andar”, com feat. da cantora pop Luísa Sonza. A parceria completa o álbum “Drama Latino” nas plataformas musicais e o fecha com chave de ouro.

Em entrevista exclusiva com a todateen, As Baías contaram qual foi a parte mais difícil em gravar o clipe.

“Unir o time numa pandemia, debater conceito a distância. Tudo isso fez com que o nível de dificuldade fosse alto. Mas o prazer em criar e produzir foi algo que nos manteve concentradas e atentas”, relembra Raquel.

“Creio que a maior dificuldade foi fazer tudo a tempo pois o clipe dependia muito da iluminação natural da Cidade das Artes”, completa Rafael.

o significado da música

A maioria das músicas de As Baías tem um significado por trás da letra, e com essa não poderia ser diferente. “Quarto Andar é uma música de amor, que expressa conexão, saudade e anseios do cotidiano. Sabe quando a gente está ansiosa pra encontrar a pessoa amada? Então! Quarto Andar é sobre a expectativa do encontro”, explica Assucena Assucena.

“Essa canção foi uma tentativa de escrever sobre amor em tempos modernos. O celular, a distância, a mensagem não respondidas. Ela traz uma imagem de um amor bem efêmero e urbano, característica de muitas relações nesse mundo atual”, explica Rafael.

a escolha de Luísa Sonza

Rafael explica que Luísa foi escolhida, primeiramente, porque o trio queria gravar com uma cantora pop. “A Luísa vem se destacando cada dia mais como um dos maiores nomes do pop nacional. E quando ela topou, a voz dela trouxe exatamente o elemento que faltava. Caiu como luva e o feat ficou lindo!”

Por sua vez, a loira explica o motivo de ter aceitado fazer a parceria: “A oportunidade de explorar novos estilos musicais e porque adoro o trabalho das Baías. Trabalhar com gente tão talentosa, amorosa, faz tudo valer ainda mais pena”.

Confira a música:

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.