Connect with us

Celebs

Ex-apresentadora do Globo Esporte de Minas Gerais relata assédio moral na emissora

Published

on

Ex-apresentadora do Globo Esporte de Minas Gerais relata assédio moral na emissora
Divulgação

A jornalista Carina Pereira, que foi demitida da rede Globo no último dia 5 de janeiro, publicou em suas redes sociais um vídeo em que relata o assédio moral que sofreu na emissora. Pereira trabalhou sete anos na empresa e passou por situações constrangedoras devido ao seu gênero entre 2017 e 2019, quando atuava na parte de esporte da Globo Minas. Segundo a jornalista, suas denúncias no RH e ouvidoria da Globo não tiverem consequências efetivas.

Carina relata que ouviu diversos comentários desagradáveis de colegas de trabalho e seu chefe, por conta de não ter experiência prévia com esporte no jornalismo, mas principalmente, por ser uma mulher. “Já tinha uns dois anos que eu não estava feliz e que aconteceram algumas coisas que foram somando. Eu enfrentei uma redação de esporte, algo que eu nunca tinha trabalhado e que eu não conhecia e nem sabia que seria algo tão desafiador assim. Enfrentei muito preconceito por ser mulher e, principalmente, por não ser desse meio. No começo eram piadinhas dos colegas, algum tratamento diferenciado porque eu não era dali, mas depois começou com o meu chefe. Ele fazia piada, falava: ‘a Carina consegue essa exclusiva aí porque é mulher’. ‘Carina tem o que você não tem’. ‘Carina oferece o que você não oferece’. Quando era colega [fazendo esse tipo de piada] eu retrucava, mas quando era o chefe, não, porque era alguém que eu admirava e respeitava. E eu ficava cala, não sei por que, porque eu não sou de me calar, mas eu ficava calada”.

A jornalista conta que a qualidade de seu trabalho era desqualificada por ser mulher, e diante de um convite para atuar fora da cidade, ouviu comentários que insinuavam que sua presença não seria relacionada ao trabalho. “Em 2018 teve uma viagem que vários colegas foram, cinco, na verdade. E esse chefe foi. Eu ia tirar férias, mas meu outro chefe me procurou e falou: ‘você vai ficar só uma semana, mas aproveita, experiência incrível’. E aí esse chefe disse assim: ‘um absurdo, né? Eu tô indo trabalhar, fulano está indo trabalhar, ciclano está indo trabalhar e só você que não. Engraçado, né? Acho que você está com fama de bonita mesmo, porque os chefes estão pagando hotel cinco estrelas, passagem aérea só pra te ver, pra te conhecer… Poxa, ser mulher é bom demais.’ Eu voltei no outro chefe e disse ‘não quero ir mais, acho que não tem nada a ver, porque eu não vou trabalhar e todo mundo vai trabalhar’. Ele disse que eu iria sim, porque soldado no quartel tá lá pra trabalhar, ‘se ofereça, faça coisas, conte seu projetos, converse’.”

“Chegando lá o chefe de lá elogiou meu trabalho e falou assim: ‘Carina faz sucesso mesmo, ela é até pedida em casamento no Instagram’. E eu ficava calada, mas aquilo me doía. Acabou a reunião e eu tive que ouvri: ‘se fosse eu, fulano ou ciclano, não teria durado cinco minutos, mas mulher, né? Ser mulher é fácil demais. Com você a reunião durou meia hora.’ Nesse dia eu fui pro banheiro e fiquei trancada três horas. Eu não conseguia sair de lá. Eu tinha vergonha, achava que eu tava no lugar errado, que eu não era a pessoa certa pra estar lá. E assim foi um bom tempo”, continua.

Pereira afirma que chegou a se reunir com colegas e denunciar o assédio moral para o RH e ouvidoria da Globo. “O que ele fazia comigo, fazia com outros colegas. E a gente começou a conversar, trocar ideia e resolvemos denunciar. Fomos no RH, não adiantou muito e fizemos uma denúncia na ouvidoria da empresa. Na época, nada aconteceu e eu fui mudada de horário e de função. E as coisas foram só piorando, porque eu era a única mulher dessa galera que denunciou e eu sinto que fui a única prejudicada em tudo. Me falaram que não, que foi uma mudança estratégica, mas eu me sentia mal, porque esse ano, por exemplo, aconteceu uma mudança na apresentação de novo. Os dois apresentadores foram no estúdio, o antigo se despediu, ele continuou se apresentando aos sábados, e por que só comigo não podia? Eu tinha quadros que foram projetos meus, ideias minhas e por que eu não podia continuar fazendo? Aquilo me entristecia. Foi um ano difícil pra mim, o de 2019.”

A chegada de uma mulher como chefe na emissora mineira deu esperanças à Carina, mas a orientação que recebeu foi “esquecer” o que lhe aconteceu. “Em 2020 entrou uma chefe nova e disse ‘vamos passar a borracha em tudo. Te ofereço uma página em branco. Pra isso, eu preciso que você sente com o chefe, a gente conversa e eu vou te orientar. Preciso que você converse como se nada tivesse acontecido. E eu fui. Eu acho que talvez esse foi o maior erro da minha vida, fingir que nada tinha acontecido. Porque aconteceu. A minha sorte foi que isso aconteceu no início da pandemia e eu fiquei de quarentena e fui pra casa. Fiz home office, voltei pra mim, lembrei de quem eu era e de tudo que eu tinha passado na vida. E isso ultrapassou meu limite. Eu não aceitava mais isso. Eu não queria voltar de jeito nenhum. Mas eu não podia pedir demissão porque eu tinha comprado um apartamento financiado e estava com dívidas, porque eu tinha feito reforma. Eu voltei com a certeza que tinha passado do meu limite.”

Com o retorno do trabalho presencial na empresa, Carina não aguentou passar por mais situações de assédio moral. “E quando eu voltei foram piores as condições de trabalho. Foi difícil. Voltei em setembro e em novembro tive uma conversa com essa chefe e fui clara com ela pra saber por que eu não podia fazer coisas para as quais eu fui contratada. Estou aliviada e leve, porque eu descobri que ali pra mim não dava mais. Eu tinha imposto o meu limite. Se fosse diferente, ok. Mas do jeito que estava não dava mais pra mim.”

Confira o depoimento de Carina Pereira na íntegra:

Advertisement

Celebs

Web critica atitudes de Fiuk com Juliette após festa do líder: “Passou do ponto”

Published

on

Web critica atitudes de Fiuk com Juliette após festa do líder: "Passou do ponto"
Divulgação / TV Globo

Nesta quarta-feira (14) ocorreu mais uma festa do líder, dessa vez em homenagem ao fazendeiro do Big Brother BrasilCaio. A última noite da liderança do amigo de Rodolffo foi bem agitada, já que entre chapeis de cowboy, música de rodeio e máquinas agrícolas, a bebida alterou um pouquinho o estado de espírito e bem estar de diversos brothers. Juliette Fiuk não passaram mal como Viih Tube e Arthur, mas a bebida – e a saída de Thaís – elevaram a frequência de brincadeiras carinhosas entre os dois, e desde então, por toda a web se fala que existe um clima rolando. Entretanto, na hora de dormir, algumas investidas de Fiuk não foram correspondidas por Juliette, como um cheiro no peito da maquiadora, que colocou travesseiros entre os dois.

Durante a festa, as brincadeiras de paquera foram recíprocas, algumas provocadas por Fiuk, outras por Juliette, e sempre correspondidas. Eles dançaram juntos, deram abraços, o ator chegou a cheirar a maquiadora. “Juliette, eu tô fraquinho, fraquinho!“, brincou Fiuk. A paraibana respondeu logo de cara: “Faz tempo!”. No fim da celebração, os dois e João dormiram na mesma cama. O ator e cantor pediu que ela fizesse carinho e teve o pedido atendido. Mas ela ficou claramente desconfiada, chamando aquele momento de “tentação”.

Entretanto, em certo momento, Fiuk seguiu com as brincadeiras e cheirou Juliette sem seu consentimento. A sister não se sentiu confortável. No meio da noite, o professor preferiu mudar de cama e Juliette colocou uma “barreira” entre os dois, para que não passassem dos limites.

Confira os momentos que tem sido problematizados pelos internautas:

Continue Reading

Celebs

Durante “A Eliminação”, Thaís defende Viih Tube e diz que Fiuk beija bem

Published

on

Durante "A Eliminação", Thaís defende Viih Tube e diz que Fiuk beija bem
Divulgação / TV Globo

Na última terça-feira (13) Thaís foi eliminada do Big Brother Brasil, e desde então, tem participado de uma série de entrevistas em programas da Rede Globo. Após um café da manhã daqueles com Ana Maria Braga, a ex-BBB21 foi a convidada no quadro “A Eliminação” do Multishow. Durante a entrevista com Vivian Amorim e Bruna de Luca, a dentista falou sobre o futuro da relação com Fiuk e a torcida por Viih Tube.

A décima eliminada do reality show disse que seus atritos com Juliette não eram fortes. “Era só ciumezinho besta!”, declara. Sobre Fiuk, Bruno de Luca foi direto ao ponto: “O Fiuk beija bem?”. “Beija!”, respondeu a sister. A equipe então mencionou o vídeo em que Thaís disse para o cantor que depois do programa eles vão ver um filme juntos comendo pipoca. Os apresentadores perguntaram se ela ainda pensa em fazer isso, eis a resposta: “Calma!”.

Os apresentadores também mencionaram o questionamento que vários internautas têm feito sobre as táticas de Viih Tube, Thaís afirmou que era difícil comentar o tema porque ainda não tinha visto o suficiente de fora do programa, mas que prefere ouvir o coração em relação à youtuber: “Lá no jogo, a Viih me deu muita força, não tem como ser incoerente com a coisa que eu vivi lá, e eu senti que era verdadeiro comigo”.

Continue Reading

Celebs

Brincadeira ou paquera? Fiuk e Juliette trocam flertes durante festa do líder

Published

on

Brincadeira ou paquera? Fiuk e Juliette trocam flertes durante festa do líder
Divulgação / TV Globo

Nesta quarta-feira (14) ocorreu mais uma festa do líder, dessa vez em homenagem ao fazendeiro do Big Brother BrasilCaio. A última noite da liderança do amigo de Rodolffo foi bem agitada, já que entre chapeis de cowboy, música de rodeio e máquinas agrícolas, a bebida alterou um pouquinho o estado de espírito e bem estar de diversos brothers. Juliette e Fiuk não passaram mal como Viih Tube e Arthur, mas a bebida – e a saída de Thaís – elevaram a frequência de brincadeiras carinhosas entre os dois, e desde então, por toda a web se fala que existe um clima rolando.

+Web critica atitudes de Fiuk com Juliette após festa do líder: “Passou do ponto”

As brincadeiras de paquera foram constantes, algumas provocadas por Fiuk, outras por Juliette. Eles dançaram juntos, deram abraços, o ator chegou a cheirar a maquiadora. “Juliette, eu tô fraquinho, fraquinho!“, brincou Fiuk. A paraibana respondeu logo de cara: “Faz tempo!”.

No fim da celebração, os dois e João dormiram na mesma cama. Em certo momento, o ator e cantor pediu que ela fizesse carinho e teve o pedido atendido. Mas ela ficou claramente desconfiada, chamando aquele momento de “tentação”. No meio da noite, o professor preferiu mudar de cama e hoje os dois acordaram no mesmo colchão. Vale ressaltar que Juliette colocou uma “barreira” entre os dois, para que não passassem dos limites.

Atualização todateen: Como falamos nessa matéria, durante a festa as brincadeiras entre Juliette e Fiuk foram recíprocas, mas, em certo momento, o cantor passou do ponto e fez investidas sem consentimento da sister. Isso não é admissível. Explicamos melhor aqui!

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.