Connect with us

Entretenimento

Globo De Ouro: confira a lista de ganhadores e polêmicas da premiação

Published

on

Neste domingo (5) aconteceu a entrega dos prêmios do Globo de Ouro, em Los Angeles. Em sua 77ª edição, o evento é famoso por ser o primeiro da temporada de premiações, enaltecendo não só filmes como também séries de televisão.

O apresentador da vez foi o Ricky Gervais, comediante que deu o que falar em seu discurso de abertura pelo tom preconceituoso em suas piadas. “Vocês dizem que acordaram, mas as empresas para as quais trabalha são Apple, Amazon, Disney; se o Estado Islâmico começar um serviço de streaming, todos vocês iriam ligar correndo para seus agentes… Vocês não estão em posição de ficar dando palestra pro público sobre qualquer coisa“. O apresentador não se conteve e ridicularizou até mesmo a ativista de 17 anos Greta Thunberg: “Vocês não sabem nada sobre o mundo real e a maioria de vocês passou menos tempo na escola do que a Greta Thunberg. Então, se você vencer, não use este lugar para fazer um discurso político. Apenas receba seu pequeno prêmio, agradeça ao seu agente e sai fora“.

Fora do palco, os comentários sobre a  falta de representatividade negra foram fortes, já que Zendaya – destaque da série Euphoria -, o elenco de Olhos Que Condenam e Nós ficaram de fora da lista de indicados. Muita gente chegou a cogitar que Beyoncé não compareceria à premiação como forma de protesto, mas no final das contas a cantora chegou um tempo depois, em um vestido de morrer.

Outra surpresa da noite foi a vitória em diversas categorias do filme 1917, uma produção que se passa na Primeira Guerra Mundial. A concorrência não era fraca, História de Um Casamento e Coringa estavam entre os indicados.  A vitória de um filme sobre guerra em meio a uma platéia majoritariamente branca levou os espectadores ao questionamento da crítica responsável pelo evento e uma possível inclinação política de apoio às ações de Donald Trump, em um momento tão delicado com o Irã.

Confira a lista completa de vencedores:

Melhor filme – Drama

  • “O irlandês”
  • “História de um casamento”
  • “1917” – vencedor
  • “Coringa”
  • “Dois Papas”

Melhor Filme – Musical ou Comédia

  • “Era uma Vez em… Hollywood” – vencedor
  • “Jojo Rabbit”
  • “Entre Facas e Segredos”
  • “Rocketman”
  • “Meu nome é Dolemite”

Melhor atriz de filme – Drama

  • Cynthia Erivo (“Harriet”)
  • Scarlett Johansson (“História de um casamento”)
  • Saoirse Ronan (“Adoráveis Mulheres”)
  • Charlize Theron (“O escândalo”)
  • Renée Zellweger (“Judy – Muito Além do Arco-Íris”) – vencedora

Melhor ator de filme – Drama

  • Christian Bale (“Ford v Ferrari”)
  • Antonio Banderas (“Dor e Glória”)
  • Adam Driver (“História de um casamento”)
  • Joaquin Phoenix (“Coringa”) – vencedor
  • Jonathan Pryce (“Dois papas”)

Melhor ator em filme – Musical ou Comédia

  • Daniel Craig (“Entre facas e segredos”)
  • Roman Griffin Davis (“Jojo Rabbit”)
  • Leonardo DiCaprio (“Era uma Vez em… Hollywood”)
  • Taron Egerton (“Rocketman”) – vencedor
  • Eddie Murphy (“Meu nome é Dolemite”)

Melhor atriz em filme – Musical ou Comédia

  • Awkwafina (“The Farewell”) – vencedora
  • Ana de Armas (“Entre facas e segredos”)
  • Cate Blanchett (“Cadê Você, Bernadette?”)
  • Beanie Feldstein (“Fora de série”)
  • Emma Thompson (“Late Night”)

Melhor ator coadjuvante em filmes

  • Tom Hanks (“Um lindo dia na vizinhança”)
  • Anthony Hopkins (“Dois papas”)
  • Al Pacino (“O irlandês”)
  • Joe Pesci (“O irlandês”)
  • Brad Pitt (“Era uma Vez em… Hollywood”) – vencedor

Melhor diretor de filmes

  • Bong Joon-ho (“Parasita”)
  • Sam Mendes (“1917”)
  • Todd Phillips (“Coringa”)
  • Martin Scorsese (“O irlandês”)
  • Quentin Tarantino (“Era uma Vez em… Hollywood”)

Melhor música para filmes

  • “Beautiful Ghosts” (“Cats”)
  • “(I’m Gonna) Love Me Again” (“Rocketman”) – vencedor
  • “Into the Unknown” (“Frozen 2”)
  • “Spirit” (“O rei leão”)
  • “Stand Up” (“Harriet”)

Melhor atriz coadjuvante em filmes

  • Kathy Bates (“Richard Jewell”)
  • Annette Bening (“O relatório”)
  • Laura Dern (“História de um casamento”) – vencedora
  • Jennifer Lopez (“As golpistas”)
  • Margot Robbie (“O escândalo”)

Melhor animação

  • “Frozen 2”
  • “Como treinar seu dragão 3”
  • “Link perdido” – vencedor
  • “Toy Story 4”
  • “O rei leão”

Melhor roteiro para filme

  • Noah Baumbach (“História de um casamento”)
  • Bong Joon-ho and Han Jin-won (“Parasita”)
  • Anthony McCarten (“Dois papas”)
  • Quentin Tarantino (“Era uma Vez em… Hollywood”) – vencedor
  • Steven Zaillian (“O irlandês”)

Melhor atriz em série de TV – Musical ou Comédia

  • Christina Applegate (“Dead to Me”)
  • Rachel Brosnahan (“The Marvelous Mrs. Maisel”)
  • Kirsten Dunst (“On Becoming a God in Central Florida”)
  • Natasha Lyonne (“Boneca Russa”)
  • Phoebe Waller-Bridge (“Fleabag”) – vencedora

Melhor ator em série de TV – Musical ou Comédia

  • Michael Douglas (“O Método Kominsky”)
  • Bill Hader (“Barry”)
  • Ben Platt (“The Politician”)
  • Paul Rudd (“Cara x Cara”)
  • Ramy Youssef (“Ramy”) – vencedo

Melhor ator em série limitada ou filme para TV

  • Christopher Abbott (“Catch-22”)
  • Sacha Baron Cohen (“The Spy”)
  • Russell Crowe (“The Loudest Voice”) – vencedor
  • Jared Harris (“Chernobyl”)
  • Sam Rockwell (“Fosse/Verdon”)

Melhor ator coadjuvante em série, série limitada ou filme para TV

  • Alan Arkin (“O Método Kominsky”)
  • Kieran Culkin (“Succession”)
  • Andrew Scott (“Fleabag”)
  • Stellan Skarsgård (“Chernobyl”) – vencedor
  • Henry Winkler (“Barry”)

Melhor série – Drama

  • “Big Little Lies”
  • “The Crown”
  • “Killing Eve”
  • “The Morning Show”
  • “Succession” – vencedor

Melhor série – Musical ou Comédia

  • “Barry”
  • “Fleabag” – vencedor
  • “The Kominsky Method”
  • “The Marvelous Mrs. Maisel”
  • “The Politician”

Melhor filme em língua estrangeira

  • “The Farewell”
  • “Dor e Glória”
  • “Retrato de uma Jovem em Chamas”
  • “Parasita” – vencedor
  • “Les Misérables”

Melhor trilha sonora original para filmes

  • Daniel Pemberton (“Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe”)
  • Alexandre Desplat (“Adoráveis Mulheres”)
  • Hildur Guðnadóttir (“Coringa”) – vencedor
  • Thomas Newman (“1917”)
  • Randy Newman (“História de um casamento”)

Melhor série limitada ou filme para TV

  • “Catch-22″
  • “Chernobyl” – vencedor
  • “Fosse/Verdon”
  • “The Loudest Voice”
  • “Inacreditável”

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV

  • Kaitlyn Dever (“Inacreditável”)
  • Joey King (“The Act”)
  • Helen Mirren (“Catarina, a Grande”)
  • Merritt Wever (“Unbelievable”)
  • Michelle Williams (“Fosse/Verdon”) – vencedora

Melhor atriz coadjuvante em série, série limitada ou filme para TV

  • Patricia Arquette (“The Act”) – vencedora
  • Helena Bonham Carter (“The Crown”)
  • Toni Collette (“Inacreditável”)
  • Meryl Streep (“Big Little Lies”)
  • Emily Watson (“Chernobyl”)

Melhor atriz em série de TV – Drama

  • Jennifer Aniston (“The Morning Show”)
  • Olivia Colman (“The Crown”) – vencedora
  • Jodie Comer (“Killing Eve”)
  • Nicole Kidman (“Big Little Lies”)
  • Reese Witherspoon (“Big Little Lies”)

Melhor ator em série de TV – Drama

  • Brian Cox (“Succession”) – vencedor
  • Kit Harington (“Game of Thrones”)
  • Rami Malek (“Mr. Robot”)
  • Tobias Menzies (“The Crown”)
  • Billy Porter (“Pose”)

Entretenimento

Billie Eilish revela namoro com rapper no documentário “The World´s A Little Blurry”

Published

on

Billie Eilish fala sobre novo álbum: "Não teria feito se não fosse o coronavírus"

“The World´s A Little Blurry” já está entre nós! O documentário que tem o objetivo de mostrar mais sobre a vida de Billie Eilish e sua relação com os fãs chegou nesta sexta-feira (26), na AppleTV+ e já está dando o que falar.

Isso porque, durante o longa a cantora fala sobre seu relacionamento com o ex-namorado Brandon “Q” Adams, que é conhecido por seu nome artístico 7: AMP. Também não sabia dessa? É porque o relacionamento foi mantido em segredo do mundo por mais de um ano.

O documentário mostra vários momentos dos dois de mãos dadas e se abraçando. Há filmagens deles nos bastidores de um dos três shows da cantora no The Fonda Theatre em Los Angeles, em novembro de 2018. Na época, ela tinha 16 anos e ele 22.

Ela ainda revelou o motivo de ter terminado com o rapper: Eu simplesmente não estava feliz. E eu não queria as mesmas coisas que ele queria e não acho isso justo para ele. Eu não acho que você deveria estar em um relacionamento, super animado com certas coisas que a outra pessoa não dá a mínima”.

sobre o documentário

Durante uma entrevista para o programa The Late Show with Stephen Colbert, ela revelou que a Billie de uns anos atrás pode não a agradar muito como antes. “É nada menos do que eu. E isso é um pouco desapontante porque eu era bem irritante na época. É pesado, é difícil para eu assistir“.

Ela contou que quando viu o documentário pela primeira vez, levou cerca de cinco horas para digerir tudo. “Eu não ia deixar ninguém ver antes que eu assistisse…A primeira versão tinha cerca de três horas de duração, talvez até mais. Demorou cerca de cinco horas para que víssemos tudo porque a gente ficava parando“, comenta citando três amigos que assistiram junto dela. “Teve um certo momento em que eu parei, gritei e fiquei correndo pela casa“.

Ela ainda finalizou desabafando sobre como o documentário não deve refletir tudo o que ela é, e sim uma pequena fração de sua vida.

No trailer do projeto podemos ver a artista durante as gravações de seu álbum de estreia, “When We Fall Asleep, Where Do We Go?”, ao lado do irmão FINNEAS, que ajudou na produção do documentário. Também vemos melhor a relação de Billie com os fãs e como eles são importantes para ela.

Ela também comenta sobre o processo de começar a compor as músicas: “Eu pensei, por que não transformar isso em arte ao invés de apenas sentir?“.

Veja o trailer completo:

Segundo o The Hollywood Reporter, Billie recebeu o valor milionário de US$ 25 milhões – aproximadamente R$150 milhões – para estrelar o documentário, que tem como foco mostrar os bastidores da vida da artista após o sucesso do álbum When We All Fall Asleep Where Do We Go?.

Continue Reading

Entretenimento

BBB21: João Luiz escolhe tema da festa do líder e faz suspense entre os participantes; confira tudo o que ele pediu

Published

on

BBB21: João Luiz escolhe tema da festa do líder e faz suspense entre os participantes; confira tudo o que ele pediu
Reprodução/ Instagram

O líder da semana no BBB21, é o professor de Geografia João Luiz, que levou a melhor durante uma prova em que os participantes deveriam acertar pontuações altas em um jogo de arremesso. Nesta sexta-feira (26), ele pôde escolher o tema de sua festa e o resultado foi “Ambiente do professor”.

João Luiz havia escolhido o tema “Anos 80”, mas recebeu um pedido da produção para mudar. Mesmo assim, ele pôde escolher algumas coisas. Ele disse que vai ter pizza, hambúrguer e outras comidas “fáceis”, para comer na pista de dança. Para os doces, ele escolheu bolo de chocolate e docinhos como cajuzinho e bicho de pé!

O brother não quer dar nenhuma pista sobre o tema da sua festa e acabou causando curiosidade nos confinados. Todos brincam com o mistério e o Líder avisa qual será o look dos brothers: “Jeans e blusa branca“. Eles insistem em saber o tema e o professor de Geografia adianta: Não vou revelar“. Por aqui já estamos ansiosas para ver todos os lookinhos!

 

 

Continue Reading

Entretenimento

“Soul”, “The Mandalorian” e mais! Confira as produções do Disney+ que concorrem ao Globo de Ouro 2021

Published

on

"Soul", "The Mandalorian" e mais! Confira as produções do Disney+ que concorrem ao Globo de Ouro
Divulgação/Disney+

O Globo de Ouro 2021 apresenta neste domingo (28), os vencedores da 78ª edição do prêmio promovido anualmente pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood para festejar as melhores produções do cinema e da televisão norte-americanos.

E, dentre os indicados deste ano, há uma presença notória de produções do Disney+, serviço de streaming que chegou ao Brasil em novembro de 2020. Sucessos como “Soul”, “The Mandalorian”, “Hamilton” e “Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica”, ganharam indicações e definitivamente devem fazer parte da sua lista do que assistir.

Soul – Melhor Filme de Animação” e “Melhor Trilha Sonora Original”

Por que você é… VOCÊ? Nesta animação da Pixar, Joe Gardner é um professor de música que recebe a chance de tocar na melhor casa de jazz da cidade. Mas um pequeno passo em falso o leva das ruas de Nova York para o Pré-vida – um lugar fantástico onde novas almas obtêm suas personalidades, peculiaridades e interesses antes de irem para a Terra. Determinado a retornar para sua vida, Joe une forças com 22, uma alma precoce que nunca achou graça na experiência humana.

The Mandalorian – “Melhor Série Dramática de TV”

O Mandaloriano e a Criança continuam sua jornada, enfrentando inimigos e reunindo aliados enquanto fazem seu caminho através de uma galáxia perigosa na era tumultuada após o colapso do Império Galático. “The Mandalorian” é estrelado por Pedro Pascal, Gina Carano, Carl Weathers e Giancarlo Esposito.

Hamilton – “Melhor Filme de Comédia ou Musical”, “Melhor Ator em Comédia ou Musical” (Lin-Manuel Miranda)

Uma inesquecível performance cinematográfica, a versão filmada da produção original da Broadway “Hamilton” combina os melhores elementos do teatro, do cinema e do streaming para levar o fenômeno cultural aos lares ao redor do mundo, em uma experiência fascinante e única. Com uma trilha sonora que mistura hip-hop, jazz e R&B, “Hamilton” trouxe a história do pai fundador da América, Alexander Hamilton, e criou um momento revolucionário no teatro – um musical que teve um impacto profundo na cultura, na política e na educação.

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica – “Melhor Filme de Animação”

Ambientado em um subúrbio de um mundo de fantasia, “Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica”, da Disney•Pixar, apresenta dois irmãos elfos adolescentes que embarcam em uma missão extraordinária para descobrir se ainda há um pouco de mágica por aí. O novo longa-metragem original da Pixar Animation Studios é dirigido por Dan Scanlon e produzido por Kori Rae – a equipe por trás de “Universidade Monstros”.

O evento – assim como o emmy – sofreu alterações tanto na data quanto no modelo de entrega dos troféus devido à pandemia de covid-19. Para evitar aglomerações, o Globo de Ouro será parcialmente presencial e parcialmente virtual. No Brasil, a cerimônia será exibida pelo canal pago TNT, com transmissão ao vivo a partir das 22h (horário de Brasília).

Todos os convidados foram recomendados a seguir uma quarentena prévia à entrega dos troféus e toda a produção do Globo de Ouro foi submetida a testes para detectar a presença do novo coronavírus. Além disso, em algumas categorias os vencedores devem receber os troféus em suas casas, com transmissão ao vivo via videoconferência.

Confira a lista completa dos indicados aqui.

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.