Connect with us

Celebs

Karol Conká pode responder na Justiça por atos contra Lucas Penteado? Especialistas opinam

Published

on

BBB21: Entenda a seriedade psicológica e jurídica do que está acontecendo com Lucas Penteado
Rawpixel/Globo

“Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem”. A frase ácida e verdadeira de Millôr Fernandes cabe perfeitamente quando paramos para analisar – com apenas duas semanas! – o comportamento dos participantes do BBB21.

Desde a madrugada do último sábado (30), as coisas dentro da casa mais vigiada do Brasil deram uma desestabilizada. Vimos, sim, comportamentos controversos de Lucas Penteado. No entanto, com a magnitude e com a seriedade do que o brother vêm sofrendo de outros jogadores nesses últimos dias, em especial de Karol Conka, a discussão precisou tomar outro rumo.

+ BBB21: como a maldade de Karol Conka pode ser ignorada pelos participantes?

A rapper, que já foi vista praticando intolerância religiosa, que tem excluído Lucas das atividades da casa (inclusive da cozinha, enquanto ele tentava almoçar), que não teve vergonha alguma de afirmar em rede nacional que gostaria de bater no ator e que queria jogar “um copo de água na cara dele”, conseguiu de forma bem incisiva enfurecer a web com suas atitudes.

Kerline, Rodolffo ou Sarah? Quem deve ser eliminado do BBB21?

Diversas celebridades, como Anielle Franco – irmã de Marielle Franco -, Tata Werneck e Emicida, se manifestaram em apoio a tudo o que está acontecendo com ele, promovendo reflexões extremamente relevantes à respeito do que está rolando na casa.


tortura psicológica

O psicólogo analítico Kleber Marinho, que possui mais de 20 anos de experiência em casos severos de tortura psicológica em quadros de estresse e depressão, analisou os últimos acontecimentos do reality. “Em se tratando de grupos, seja ele grande ou de porte pequeno – como é o caso do Big Brother – é muito comum que as pessoas acabem se unindo em torno de alguém. E esse alguém é o que chamamos de bode expiatório.”, disse ele.

“É comum que um grupo se una diante de projeções de cunho moral, social e religioso, para que eles mesmos consigam expurgar aquilo que eles tem dentro deles.”, ressalta, explicando ainda que o coletivo costuma fazer isso para se sentir fortalecido. “Muitas vezes isso é feito com pessoas que apresentam baixa autoestima, insegurança ou uma fragilidade. É uma tentativa de eliminar ‘o outro’ que existe dentro de mim.”.

O especialista também ressalta que o abuso psicológico é muito complexo, pois ele entra em várias condições diferentes. “Mas, de modo geral, é quando alguém, de maneira perversa ou não intencional, tenta constantemente minar aquele outro que eu quero controlar ou privar de liberdade de alguma forma.”, explica. “E como questões emocionais se misturam, se eu identifico e projeto em alguma pessoa questões profundas, inconscientes, que também pertencem a mim e que eu não gosto em mim e que eu vejo muito presente no outro, isso se mistura e aí há uma violência psicológica.”, afirma.

Kleber também ressalta, nesses casos, a possibilidade de gaslighting. “É importante prestar atenção se a frequência de ameaças, intolerância, privação, chacotas aumentam, fazendo com que o outro se sinta culpado, fazendo com que ele tenha sua autoestima cada vez mais frágil. O abusador consegue até minar a realidade, desvirtuando a realidade ou fazer um fato que não aconteceu parecer real..

Lembrando que gaslighting – que pode, sim, ser uma estratégia consciente – é um tipo de manipulação em que o abusador distorce, omite ou cria informações, fazendo com que a vítima duvide de si mesma, de seus sentimentos, da sua capacidade e às vezes até da sua sanidade e saúde mental. “É muito comum uma pessoa que critica o outro a todo momento, que aumenta e intensifica as ações que o outro fez, dando uma conotação muito maior àquilo, tente criar uma realidade em que pareça que outro fez as coisas intencionalmente.”, reflete.

Kleber também explicou que, quando você está sob estresse constante, sendo julgado diariamente, sendo ameaçado, isolado ou privado de sua liberdade, seja de maneira intencional ou não, é bem provável que a pessoa precise de cuidados psiquiátricos e psicológicos. “Se a pessoa já apresentou um quadro depressivo ou ansioso e ela estiver sendo vítima de um abuso psicológico ou violência psicológica, é natural que essa pessoa possa agravar o seu quadro e sofrer sérias consequências.”, falou.

crime de injúria

A advogada Juliane Conforto reflete que Lucas está sofrendo de abuso psicológico e o famoso “cancelamento”.

“O cancelamento é muito aplicado nas redes sociais, quando alguém famoso se expressa de forma que não agrada o seu público. As atitudes de Lucas não agradaram os participantes, em principal a Karol Conká, o que fez com que ela tentasse o “cancelar”, deixando-o excluído, e o ofendendo com xingamentos gratuitos. Porém, a atitude de um não justifica a atitude de outro. Quando sair do reality, Lucas poderá pedir a responsabilização dos agressores pelos crimes com os quais ele vem sendo vítima., ressaltou ela.

Com toda a repercussão, popularizou-se na internet internet o conceito de crime de injúria. “O crime de injúria está previsto no artigo 140 do Código Penal, que consiste na ofensa da honra e da dignidade íntima do indivíduo. É o tipo de ofensa que atribui uma qualidade negativa (não importando se é verdadeira ou não). Por exemplo: chamar de “gordo” ou “imbecil”.”, explicou Jorge Conforto, sócio de Juliane da Conforto Advogados.

Já para abuso psicológico e crime de tortura, o profissional disse: Abuso psicológico é aplicado por uma pessoa sobre a outra, especialmente quando há algum tipo de hierarquia entre elas, ainda que implícita. O abusador pratica atos que perturbam e impedem a pessoa abusada agir de forma diferente.”.

“A Lei 9.455/97, que define o crime de tortura, prevê que quem constrange alguém a prestar informação ou declaração, sob ameaça ou violência, resultando em sofrimento físico ou mental, comete o crime de tortura.
Importante destacar que, a referida Lei não limita a prática de tortura apenas a agressões físicas, mas abrange situações em que há emprego de ameaça ou violência que resultem em sofrimento mental ou psicológico.”, esclareceu ele.

Outro ponto que foi levantado é a questão das atitudes de Karol ao zombar da religião de Lucas de forma pejorativa.

“Intolerância religiosa é crime previsto no artigo 208 do Código Penal. A utilização intencional de termos pejorativos para ofender a vítima em razão da religião professada, na presença de outras pessoas, configura o crime por preconceito religioso e dá ensejo à indenização por dano moral, além do processo criminal.”, relembrou Juliane.

Para finalizar, Juliane e Jorge explicaram que “uma vez que o crime de injúria é de ordem subjetiva (cada pessoa age de forma diferente quando é atacado), caso Lucas se sinta agredido em sua honra ou com relação à escolha religiosa, ele pode procurar um advogado para tomar medidas de ordem criminal contra a eventual agressora, bem como, pedir uma reparação pelos danos morais em decorrência dos fatos, principalmente pela exposição em rede nacional.”, afirmaram.

Celebs

Produção do BBB21 comete erro e Carla Diaz leva punição gravíssima

Published

on

Produção do BBB21 comete erro e Carla Diaz leva punição gravíssima
Divulgação / TV Globo

Carla Diaz levou um susto no Big Brother Brasil 21 na manhã deste domingo (7). Um aviso de “punição gravíssima” com o nome da atriz apareceu no visor, informando que a sister da Xepa teria um prejuízo de menos 500 estalecas.

“Gente, o que aconteceu?”, perguntou João. “Nada, estávamos falando baixo para a Camilla não acordar”, disse ela se justificando. Minutos depois, ficou esclarecido que era um erro da produção.

Arthur escolherá Carla ou Projota?

Neste sábado (6) ocorreu mais uma prova do anjo no Big Brother Brasil 2021. A vitória dessa semana foi de Arthur, que está em um baita dilema. Como a edição ao vivo mostrou, o instrutor de crossfit até mesmo tentou errar sua última jogada para não ter que tomar uma decisão de quem imunizar, mas mesmo assim, foi o vitorioso da dinâmica. Agora, o brother precisa escolher quem ganhará o colar do anjo: seu amigo, Projota, ou a ficante, Carla Diaz, ambos são alvos da casa para o paredão.

Na madrugada deste sábado (6) Carla Diaz e João Luiz especularam sobre a formação do sexto paredão do reality show. A atriz já disse que “Pode ser que tenha contragolpe. Estou ferrada porque eu vou me expor com outras pessoas na mesma semana”.

O papo segue com João Luiz alertando que sua única chance de escapar do paredão era ganhar o colar do anjo de Arthur, mas o fato do instrutor de crossfit ter espalhado pela casa que irá imunizar Projota a deixou vulnerável. Carla, então, desabafou que seu ficante: “Se eu ganhasse o anjo, eu dava para ele. Ainda mais nessa liderança, ele não iria nele. Aí eu falei: ‘E você, daria para quem?’. Aí ele: ‘Eu sentaria com você e Projota e decidiria isso. Hoje já mudou o discurso’”.

Em conversa com Arthur sobre o anjo, a atriz questionou: “Então você já está me botando como ida [ao paredão]?”“Eu acho que é uma possibilidade, eu ou a Thaís [serem indicadas pelo líder Rodolffo]”, disse Arthur.

O rapaz também seguiu afirmando que está na dúvida se ele também vai para a berlinda:“Não consigo acreditar que Thaís e Camilla vão em mim de novo tendo opção na casa. Se elas forem em mim, eu vou ficar muito p***. Vou ficar muito arrependido de não ter dado o monstro pras duas”.

Continue Reading

Celebs

Apesar de irritação com Arthur, Juliette segue defendendo Carla Diaz no BBB21

Published

on

Apesar de irritação com Arthur, Juliette segue defendendo Carla Diaz no BBB21
Divulgação / TV Globo

Neste sábado (6) ocorreu mais uma prova do anjo no Big Brother Brasil 2021. A vitória dessa semana foi de Arthur, que colocou Fiuk e Juliette como monstros até a formação do paredão neste domingo (7). A advogada está muito estressada com a atitude do instrutor de crossfit, mas mesmo assim segue ouvindo a ficante do brother, Carla Diaz, mesmo que a atitude possa lhe prejudicar no jogo.

Juliette teve uma conversa com Arthur há alguns dias atrás na cozinha, onde ouviu do brother que caso fosse anjo não colocaria ninguém do VIP como monstro. A atitude é quase consenso entre os confinados, já que um membro do VIP com colar de monstro vai para a Xepa automaticamente, ao passo que perde estalecas. Sendo assim, o castigo não só é um problema para a pessoa que deixa de poder se alimentar como deseja no VIP, como também prejudica o racionamento de comida dos que lidam com uma cozinha mais limitada.

Mesmo assim, Arthur colocou a própria Juliette – única sister com quem teve essa conversa – no monstro, e consequentemente, na Xepa. Para completar, o monstro da semana é uma prova de resistência: além de brincarem com a lanterna e cancela no jardim, a maquiadora e Fiuk precisam se revezar para nunca deixar a guarita vazia. Arthur não nega que deixou de cumprir com sua palavra, mas afirma que a atitude foi necessária para não se prejudicar com outros membros da casa.

Em bate papo na área externa, Juliette afirma que mesmo assim continua tendo simpatia por Carla Diaz, mas sabe que sua atitude pode lhe prejudicar com outros brothers. “Até entre a gente, que somos amigos e aliados, é necessário ouvir, perguntar e não ter medo. Vocês acham que eu não tenho medo de defender Carla quando vocês têm motivo pra achar que ela mente e dissimula? Vocês acham que é fácil pra mim enfrentar todos os meus amigos falando uma coisa e eu outra?”.

“Opiniões são opiniões, às vezes acontece uma coisa com ele que não acontece com você. Acontece comigo uma coisa que não acontece com os dois. A gente tem que respeitar os acontecimentos entre a gente também. Não é porque o Arthur é gente fina com você e me passou a perna que ele deixa de ter me passado a perna. E, pra você, ele pode ser incrível. Pra mim, não”, disparou Fiuk .

Continue Reading

Celebs

BBB21: Arthur pode dar anjo para Projota e situação com Carla fica complicada

Published

on

BBB21: Arthur pode dar anjo para Projota e situação com Carla fica complicada
Divulgação / TV Globo

Neste sábado (6) ocorreu mais uma prova do anjo no Big Brother Brasil 2021. A vitória dessa semana foi de Arthur, que está em um baita dilema. Como a edição ao vivo mostrou, o instrutor de crossfit até mesmo tentou errar sua última jogada para não ter que tomar uma decisão de quem imunizar, mas mesmo assim, foi o vitorioso da dinâmica. Agora, o brother precisa escolher quem ganhará o colar do anjo: seu amigo, Projota, ou a ficante, Carla Diaz, ambos são alvos da casa para o paredão.

Na madrugada deste sábado (6) Carla Diaz e João Luiz especularam sobre a formação do sexto paredão do reality show. A atriz já disse que “Pode ser que tenha contragolpe. Estou ferrada porque eu vou me expor com outras pessoas na mesma semana”.

O papo segue com João Luiz alertando que sua única chance de escapar do paredão era ganhar o colar do anjo de Arthur, mas o fato do instrutor de crossfit ter espalhado pela casa que irá imunizar Projota a deixou vulnerável. Carla, então, desabafou que seu ficante: “Se eu ganhasse o anjo, eu dava para ele. Ainda mais nessa liderança, ele não iria nele. Aí eu falei: ‘E você, daria para quem?’. Aí ele: ‘Eu sentaria com você e Projota e decidiria isso. Hoje já mudou o discurso'”.

Em conversa com Arthur sobre o anjo, a atriz questionou: “Então você já está me botando como ida [ao paredão]?”. “Eu acho que é uma possibilidade, eu ou a Thaís [serem indicadas pelo líder Rodolffo]”, disse Arthur.

O rapaz também seguiu afirmando que está na dúvida se ele também vai para a berlinda:“Não consigo acreditar que Thaís e Camilla vão em mim de novo tendo opção na casa. Se elas forem em mim, eu vou ficar muito p***. Vou ficar muito arrependido de não ter dado o monstro pras duas”.

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.