Connect with us

Entretenimento

Lili Reinhart fala sobre insegurança com o próprio corpo durante gravações de “Riverdale”

Published

on

Divulgação

Pertencente ao elenco principal de “Riverdale“, protagonista em “Chemical Hearts” e agora se arriscando na área de produção, Lili Reinhart tem encarado trabalhos cada vez mais desafiadores em sua carreira. Em entrevista à LA Times, a atriz falou sobre a insegurança que sentiu ao gravar as cenas que revelam partes de seu corpo mais marcadas na quarta temporada da série que lhe rendeu reconhecimento na indústria.

 “Eu não tenho o corpo da garota da CW – cintura fina, pernas com formato bonito, magra e pequena. Eu tive que fazer uma cena de sutiã e calcinha nessa última temporada e eu realmente me senti insegura com isso. Eu realmente não queria fazer”, disse a intérprete de Betty Cooper.

Entretanto, a atriz frisa que teve muito a ver com suas próprias inseguranças, não havendo nenhum tipo de pressão da produção de “Riverdale”: “Eu não contei para ninguém isso, não fui pressionada. Eu fiz porque é meu trabalho. Mas me senti mal fazendo isso, de verdade. E é aqui que isso fica complicado. Eu não posso pregar o amor ao corpo se eu não pratico isso. Então mesmo se eu não estou me sentindo incrível com o meu corpo, sinto que foi importante fazer a cena com sutiã e calcinha, assim as pessoas poderiam ver como meu corpo era. Eu fiz isso para as pessoas que sentem que precisam se parecer de um certo jeito.”

O desabafo vem logo depois da notícia de que Reinhart está investindo em sua carreira de produtora. A artista deu uma entrevista à Vogue americana para comentar sobre seu trabalho nesta função em “Chemical Hearts” e anunciou que mais um trabalho como produtora tem sido realizado, mas dessa vez em conjunto com a Netflix.

Já estou produzindo e estrelando um filme da Netflix, espero que para o próximo ano”, disse Reinhart. “Eu amo ser uma produtora! Sou o tipo de pessoa que gosta de controle. Não sou maníaca por controle, mas gosto de saber que minha opinião é importante e está sendo ouvida. E acho que sou bom nisso“.

Além de estrelar uma das personagens principais de “Riverdale“, a intérprete de Betty Cooper viveu a personagem central da trama adolescente “Chemical Hearts“, já disponível na Amazon Prime Video. A interpretação de Grace Town foi desafiante e diferente de tudo que Reinhart já havia feito nas telinhas, trabalho complementado  pelas tarefas como produtora.

“Em Chemical Hearts, eu tinha muito a oferecer. Eu me envolvi em tudo: ajudar no roteiro e no casting, assistir os cortes do filme depois das filmagens e dar minha opinião, ajudar no trailer e pôster. É engraçado porque, olhando para os meus outros filmes, sempre tentei estar mais envolvido de todas as maneiras que pude, porque amo a indústria. Agora eu fico tipo, ‘Oh, droga! Eu posso me acostumar com isso!’”, disse a atriz.

E se você quiser saber mais sobre “Chemical Hearts”, não perca a entrevista exclusiva da todateen com o elenco do filme:

Entretenimento

Phoebe Dynevor, de “Bridgerton” revela a cena picante mais difícil de gravar na série

Published

on

Atores de "Bridgerton" falam sobre afinidade entre elenco nos bastidores da série
Reprodução/ Netflix

Não é novidade para ninguém que Bridgerton, nova série da Netflix produzida por Shonda Rhimes, é um tremendo sucesso. A primeira temporada estreou na plataforma no dia 25 de dezembro e conta a história de uma família da elite londrina, dando destaque para a filha mais velha, Daphne Bridgerton, que se envolve com o famoso Duque de Hastings, Simon Basset.

Mesmo se você ainda não tiver assistido, já deve ter ouvido falar de algo sobre as (muitas) cenas quentes e sensuais da série, que são protagonizadas principalmente por Simon e Daphne. Phoebe Dynevor, responsável por interpretar a Bridgerton mais velha, falou sobre o assunto em uma entrevista coma revista Glamour que a cena mais difícil de gravar foi a do terceiro episódio onde Regé-Jean Page incentiva sua personagem a se masturbar.

Essa foi a cena mais difícil de filmar. Isso quer dizer algo, porque houve muitas cenas difíceis de filmar. Eu ensaiava tanto com Regé que ambos sabíamos o que estávamos fazendo. Parecia muito prático. Mas, sozinha, é uma coisa diferente“, conta. “As instruções eram muito específicas: você precisa ter um orgasmo. É uma coisa difícil de ensaiar, o que quer dizer que você não ensaia. Você apenas faz“.

Ela ainda enfatizou que o que a ajudou a ficar mais tranquila, foi ter uma coreógrafa mulher para guiá-la durante a cena: “Se não tivéssemos uma coordenadora de intimidade, seria o nosso diretor, que era homem, vindo até mim e me dizendo o que fazer. Isso teria sido estranho. Eu me senti tão seguro em saber que Lizzy estava lá, então se algo desse errado ou o diretor quisesse algo diferente, ele poderia falar com ela primeiro. Acho que teria sido uma experiência muito difícil se Lizzy não estivesse no set me protegendo e cuidando de mim. Ninguém quer que um homem diga como chegar ao orgasmo“.

 

Continue Reading

Entretenimento

Olivia Rodrigo divulga bastidores do clipe de “drivers license” e revela os significados por trás das cenas

Published

on

Olivia Rodrigo, a cantora e atriz por trás da protagonista Nini em “High School Musical: The Musical: The Series”, lançou seu primeiro single no começo do mês que continua no topo dos streamings de música. “Drivers License” chegou até mesmo à empatar com as novas canções da musa, Taylor Swift – por quem Rodrigo é extremamente apaixonada. A faixa também possui um clipe profundo que faz jus à composição. Nesta quarta-feira (27), a artista divulgou um vídeo com os bastidores e revelou os significados por trás de algumas cenas.

Sobre as cenas em que Olivia aparece dirigindo, ponto central do clipe, ela contou que queria realmente trazer a essência da música. “Eu meio que sabia que eu queria cenas a noite. É óbvio que a música é sobre dirigir então vamos ter algumas cenas no carro. Eu só queria capturar o sentimento do coração partido de uma adolescente no subúrbio, o que é a minha experiência“, afirmou.

Os projetores usados por ela, que transmitem partes da composição da música, foram feitas para simbolizar as memórias de Olivia. “Eu achei que seria legal usar essas projeções como uma forma de significar as memórias que continuam passando pela cabeça dessa garota enquanto ela passa por um término“.

Ela ainda contou como foi a experiência de ser dirigida por Matthew Dillon Cohen. Eu o conheci e ele tinha as melhores ideias então eu falei, ‘ok, nós temos que fazer isso juntos’. Filmamos tudo com filme [analógico], o que foi super legal, e deixou tudo lindo e único“.

Assista aos bastidores:

mais sobre a composição

“Eu escrevi ‘drivers license’ há cerca de seis meses, depois de chorar com as canções de Gracie Abrams em meu carro por uma hora. Realmente capturou as complexidades de como eu estava me sentindo na época. Eu acho que é uma das primeiras canções já escritas que realmente fez isso. Essa é uma das minhas coisas favoritas sobre composição, como isso pode permitir que você pegue sentimentos realmente grandes e confusos e os transforme em algo simples, claro e bonito (esperançosamente). Isso faz com que tudo pareça menos assustador”, afirma Olivia em carta aos fãs.

“Estou muito grata por todos que me apoiaram nesta nova aventura. Eu me sinto a garota mais sortuda do mundo por fazer música e chamar isso de meu trabalho. Obrigada um milhão de vezes por ouvir. Realmente espero que vocês gostem! Enviando a vocês todo o amor do mundo!”, finaliza.

 

Continue Reading

Entretenimento

Parceria internacional! Pabllo Vittar estará em remix de “Man´s World” da cantora Marina

Published

on

Parceria internacional! Pabllo Vittar estará em remix de "Man´s World" da cantora Marina
Reprodução/ Instagram

Poderosas! Depois de alguns rumores de que Pabllo Vittar colaboraria com a cantora Marina rolarem pela internet, a artista brasileira confirmou a notícia! Veremos as duas juntas em um remix da música “Man´s World”, originalmente produzida pela cantora inglesa. A confirmação veio durante uma live na Twitch que Vittar fez na tarde desta quarta-feira (27).

Eu quase fui ao show dela no Lolla e agora estamos aqui”, disse Pabllo. “Sempre fui fã da Marina. Eu amo ‘Bubblegum Bitch’ e ‘Teen Idol’. O ‘Froot’ é perfeito, o álbum inteiro”, elogiou. Ela não detalhou como será essa parceria, mas ao portal Popline já nos deu um gostinho do que veremos dela: “O remix está tudo! Já escutei a mix final e eu servi vocais e linhas! Já tem a data de lançamento, mas aí é com a equipe dela. Mas vem logo!”.

Ansiosa, mana? Enquanto o feat não sai, ouça a versão original da música:

 

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.