Connect with us

Entretenimento

Mulheres na política: por que há pouca representatividade feminina?

Saiba o que devemos fazer para ter mais girl power no governo!

Published

on

mulheres na política

A gente sabe que é muito importante praticar o girl power em todas as áreas, inclusive na política. As mulheres representam mais da metade da população brasileira (51,5% em 2017, de acordo com o IBGE), mas sabia que ainda são minoria nos cargos políticos? O Brasil ainda tem pouquíssima representatividade de mulheres na política, e, para entender isso, conversamos com duas cientistas políticas sobre o assunto.

Saiba por que existem poucas mulheres na política e o que devemos fazer para mudar isso:

Por que existem tão poucas mulheres na política?
Mayara Rachid, graduanda em Ciências Sociais, esclarece que as mulheres só puderam entrar na política em 1933, quando Carlota Pereira de Queiróz foi a primeira a ocupar uma vaga no Congresso brasileiro. Ou seja, a representatividade feminina teve um início bem tardio.

Além disso, “a desigualdade que existe na política reflete a desigualdade que as mulheres enfrentam em outros campos“, explica Verônica Devá, pesquisadora na área de gênero e política. Ela afirma que os cargos de liderança são pouco ocupados por figuras femininas, pois vivemos em uma sociedade em que as pessoas estão acostumadas a pensar que as mulheres não são capazes de assumir responsabilidades que são associadas aos homens. Verônica também diz que as mulheres são pouco educadas e incentivadas a ir para esses cargos políticos importantes e disputar com os homens e, por isso, não se candidatam; logo, não são eleitas.

Quais são os efeitos dessa baixa participação das mulheres na política?
“Só é capaz de formular políticas públicas quem possui real vivência e conhecimento dos problemas de um determinado grupo. Se houvesse maior representatividade no Congresso, com certeza as pautas femininas ganhariam maior força”, explica Mayara.
Verônica ainda acrescenta exemplos que não possuem tanta atenção, como leis mais rígidas que garantem a segurança da mulher e até programas de acolhimento para mulheres em situação de violência.

“Deixar a salvação do mundo para os homens? Eu acho que não.”

Como esse quadro de baixa liderança feminina poderia ser mudado? Quais medidas seriam ideais?
Verônica Deviá explica que isso deveria ser feito com a ajuda da lei que exige que todo partido político tenha, no mínimo, 30% de candidatas mulheres. Mas, infelizmente, parece que essa medida não tem ajudado muito, já que vários partidos colocam candidatas “laranjas”, ou seja, inscrevem mulheres sem elas saberem só para cumprir as cotas.

O importante é incentivar as mulheres a ocupar esses espaços de debate, e é responsabilidade das mulheres que já estão na liderança acolher outras mulheres. O nosso papel é votar em candidatas que apoiam as pautas femininas, bora colocar isso em prática?

Algum dia será possível ter um número parecido de homens e mulheres nos cargos políticos?
“É difícil fazer afirmações a longo prazo, mas se cada um assumir seu papel na cidadania e se as mulheres entenderem o quanto é importante e necessário lutar por um lugar de representação na política, certamente é meio caminho andado”, diz Mayara Rachid.

Depois do primeiro turno das eleições de 2018, o percentual de mulheres eleitas para a Câmara cresceu de 10% para 15%. Ainda estamos distantes do ideal, mas já é um primeiro passo, né? Vamos continuar votando em candidatas que representam as questões femininas importantes para todas as mulheres?

Consultorias: Mayara Rachid, graduanda em Ciências Sociais com ênfase em política pela Unicamp e integrante do Observatório das Eleições
Verônica Deviá, mestra em Relações Internacionais pela USP e pesquisadora de Estudos de Gênero e Política do Departamento de Ciência Política da USP

Entretenimento

Entenda a discussão sobre o Airbnb e confira os melhores memes

Published

on

Reprodução

Nesta quarta-feira (14), a internet se divertiu com uma nova discussão. O “Airbnb”, aplicativo de aluguel de imóveis, foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter após vazarem alguns áudios entre a proprietária de uma casa e o homem que a alugou.

Primeiro, somos apresentados ao áudio de Dona Verônica, a proprietária. Basicamente, ela se mostra insatisfeita por ter alugado a casa para Felipe, que por sua vez, teve relações sexuais em vários cômodos do local. Segundo ela, isso fere as normas do Airbnb e não poderia ser feito.

Pergunta se na casa dá pra tr*par. Você tem que perguntar para o anfitrião se tem um quarto ou espaço que dá para tr*epar com os amigos que você vai convidar, com as mulheres que você vai convidar“, começa ela. “Você tem que perguntar isso para saber que tipo de casa você tem que locar“.

Tem homem pelado e mulher pelada em tudo quanto é lugar. Você não pode fazer isso dentro do Airbnb porque isto fere as regras do Airbnb. Não é assim! Nós estamos em tempo de pandemia e você vai saindo tr*pando em tudo quanto é cama da casa“.

Confira o áudio dela:

Após isso, Felipe responde para Dona Verônica: “Houve uma falta de clareza, mas apenas da sua parte. Pelo que eu estou entendendo, você deveria ter colocado no título do seu anúncio: ‘Proibido trepar no local’. Agora me admira você imaginar que eu, um jovem, vou convidar 15 amigos para comemorar o meu aniversário na sua casa pagando uma fortuna de diária sem ter a intenção de comer ninguém. Que mundo que tu vive?“.

Confira também:

Por enquanto, o Airbnb ainda não se posicionou e nenhuma das outras partes foram encontradas para falar mais sobre o assunto.

Contudo, na internet, a história ganhou fama e a gente separou os melhores memes para você:

Continue Reading

Entretenimento

Bruna Marquezine comemora Dia do Beijo com Enzo Celulari

Published

on

Bruna Marquezine está namorando com Enzo Celulari, diz colunista
Reprodução / Instagram

Na última terça-feira (13) foi comemorado o Dia do Beijo e Bruna Marquezine aproveitou a data para demonstrar que está, sim, em um relacionamento! Postando uma foto em que beija Enzo Celulari, a atriz escreveu: “Feliz Dia do Beijo, coisa”.

Confira:

Reprodução / Instagram

o impacto no BBB

Em conversa com Viih Tube na última terça-feira (13), Juliette traçou um plano para um futuro paredão com Arthur. A paraibana acredita que Neymar declarou apoio ao instrutor de crossfit, por isso, quer conquistar a torcida de Bruna Marquezine.

A maquiadora lembrou da disputa entre Felipe Prior e Manu Gavassi, em que cada um teve apoio de Neymar e Marquezine. Juliette quer repetir o feito de Manu e sair desse paredão ilesa.

Para conseguir o feito, Ju está pensando em se vestir de maneira parecida a de Bruna para chamar a sua atenção. Será que vai dar certo?

Continue Reading

Entretenimento

Netflix anuncia “Carnaval”, novo filme com Flavia Pavanelli, GKAY e Giovana Cordeiro

Published

on

Netflix anuncia "Carnaval", novo filme com Flavia Pavanelli, GKAY e Giovana Cordeiro
Divulgação/Netflix

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (14) o lançamento de um novo filme nacional, intitulado Carnaval. Para compartilhar a novidade, a plataforma de streaming divulgou algumas fotos do longa, que conta com Giovana Cordeiro, GKAY e Flavia Pavanelli.

Além das musas, a produção também trará nomes como Bruna Inocencio, Micael e Jean Pedro. Ainda não foi divulgada uma data de estreia para a novidade, mas a Netflix garantiu que o filme chega em breve.

“Quatro amigas, um Carnaval em Salvador e muitas memórias. Gatilho, né?”, escreveu o serviço no Twitter. Veja os anúncios nas redes sociais:

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.