Connect with us

Ler é TDB!

O que eu li em… Fevereiro!

Confira três indicações de livros!

Published

on

Esperando por Você

Mês passado eu trouxe para vocês algumas indicações de leituras que se destacaram, vocês se lembrar?

Hoje trouxe mais três livros que estão na minha lista de queridinhos de fevereiro, espero que gostem!

Esperando por Você

Foto: Melissa Marques

ESPERANDO POR VOCÊ – SUSANE COLASANTI

O livro conta a história de Marisa, uma adolescente que (assim como diversas outras adolescentes) acredita que sua vida, sua escola e sua família são as piores que existem.

O que me chamou atenção no livro foi a forma que a autora abordou um tema supersério: a depressão. A personagem conta detalhadamente como é a doença e, muitas vezes, me senti sem ar com as descrições de confusão mental de Marisa.

Ao meu ver, o romance dela com o gatíssimo Derek e o clima estranho com seu melhor-amigo-fofo Nash são apenas plano de fundo para a história. Marisa é a prova viva (ou melhor, escrita) de que nada dura para sempre e de que dias melhores virão.

A Ilha Perdida

Foto: Melissa Marques

A ILHA PERDIDA – MARGARETH MITCHELL

Esse livro me surpreendeu! Paguei apenas R$ 2,50 em uma feirinha e ele acabou se tornando um dos meus favoritos. Foi escrito pela consagrada autora de E o vento levou…, Margareth Mitchell.

O mais legal: os arquivos originais escritos à mão foram dados pela autora a Henry Love Angel, um amor de adolescência. Anos depois, o neto do pretendente de Margareth achou os arquivos perdidos numa caixa com outras lembranças familiares e resolveu publicá-los.

A primeira metade do livro conta um pouco da história de vida da autora e de seu romance com Henry Love Angel: cartas pessoais, fotografias e depoimentos de conhecidos nos contextualizam para que, em seguida, possamos entrar no mundo de A Ilha Perdida.

Uma leitura leve, fácil e, mesmo assim, carregada de críticas sociais. Em poucas páginas Margareth consegue entreter, fazer rir, chorar e pensar. Superindico!

Destino Sombrio

Foto: Melissa Marques

DESTINO SOMBRIO – LUIS DILL

O que me chamou atenção desse livro, de cara, foi a capa chamativa (com um laranjão-neon incrível), e a diagramação superdiferente! As ilustrações, os destaques dados no meio do texto, tudo contribuiu para deixar a leitura ainda mais interessante.

Passado, presente e futuro de Gildo são mostrados em diferentes capítulos (não lineares), e conforme vamos lendo e entendendo a trama, conseguimos entender também suas ações e consequências.

No presente, ele dirige misteriosamente por uma estrada. No passado, há uma história de amor que não deu certo. No futuro, chegará a seu destino e reencontrará o irmão, que acabou de ter um filho e não espera por essa visita. A história do livro é bem-amarrada e a leitura flui facilmente. Adorei!

Vocês já leram algum desses livros? Conta pra mim nos comentários qual é o seu preferido!

Advertisement
1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebs

Orçamento sem falhas: Nath Finanças fala sobre seu novo livro e dá dicas exclusivas para quem quer começar a poupar

Published

on

Orçamento sem falhas: Nath Finanças fala sobre seu novo livro e dá dicas exclusivas para quem quer começar a poupar
Rawpixel/Divulgação

Nathália Rodrigues, que é popularmente conhecida como “Nath Finanças” por conta de seu sucesso em seu canal do YouTube –  onde aborda as principais questões da economia pessoal de milhões de brasileiros-, acaba de lançar seu primeiro livro Orçamento sem falhas, pela Editora Intrínseca.

+ Cantinho Literário Todateen: indicações de livros para começar seu ano novo

Em entrevista exclusiva à todateen, a autora, que é formada em administração e orientadora financeira contou que está se “sentindo adorável” por ter sua obra de estreia publicada.  “Eu sempre quis poder traduzir ainda mais o conhecimento de educação financeira. Eu nunca pensei que eu poderia trazer esse meu conhecimento também pelo livro e depois que eu vi a possibilidade eu fiquei muito feliz.”, conta ela, que explicou que já tinha uma certa facilidade por conta dos roteiros que escrevia para os seus vídeos.

Buscando se comunicar com uma parcela plural, Nath acredita que não é possível “falar de finanças com pessoas que ganham pouco usando o mesmo discurso que se usa com pessoas de classe média alta”.

“[Meu maior objetivo] é tirar as pessoas do vermelho. É as pessoas conseguirem se organizar financeiramente de uma forma simples, prática e divertida. E que consigam investir e ter uma saúde financeira.”, contou ela.

+ Exclusivo: Tracey Garvis Graves dá voz a protagonista que vive sob o espectro autista em seu novo livro “Sem Lógica Para o Amor”

Para ela, falar sobre planejamento financeiro é essencial. “Não adianta correr. Se você quer ter uma vida saudável planejamento financeiro é o principal motivo para você se organizar. Além disso, ele te dá uma visão melhor das suas finanças, fazendo com que você consiga se planejar e realizar sonhos e metas.”, explicou.

A escritora também comentou que é extremamente importante ressignificar a forma que olhamos para o dinheiro, principalmente quando associamos ele com figuras femininas. “Primeiro que sempre – infelizmente – olham para nós, mulheres, e pensam: ‘fiquem [nas matérias de] humanas, não falem sobre [as matérias de] exatas, apenas cuidem da casa’. Sempre colocam esse estereótipo na gente.”, refletiu.

+ Exclusiva: Mick Kitson conta tudo sobre seu livro de estreia, “O Refúgio”

Para quebrar tais estereótipos, ela aconselha que as mulheres se posicionem. “Eles sempre vão tentar tirar a nossa credibilidade para acharem que são melhores do que a gente. E isso é muito triste porque a gente sempre tem que provar que somos inteligentes, que somos capazes de estar ali naquela função ou cargo. Nós mulheres sempre precisamos fazer isso e é muito doloroso. Você tem que provar dez vezes. E quando também você é uma mulher negra, é dez vezes mais.”, disse.

“Por isso é importante uma apoiar a outra, apoiar o trabalho da outra. Eu quero que mais pessoas tenham ideias como Nath Finanças pra disseminar conhecimento. Quanto mais mulheres, melhor.”

A educadora ainda dissertou sobre a necessidade de substituir certos padrões de pensamento, em que sempre associam as mulheres como gastonas ou com pouco controle. “Estamos no século 21 e nem deveríamos pensar nessa possibilidade de ver a mulher só como gastona. Mas infelizmente até livros de finanças colocam as mulheres como gastonas. Temos que quebrar esse estereótipo e ‘Orçamentos Sem Falhas’, que é o meu livro, quebra esse estereótipo de uma forma fofa e didática.”, comentou.

+ O que é a taxação de livros e como ela influencia na cultura brasileira?

Completando que escreveu a obra de maneira descontraída. “É como se a gente tivesse numa conversa de bar através do livro. Eu vejo que finanças pessoais não deve ser uma rede de palestras que só existe uma pessoa que detém o conhecimento. Finanças pessoais tem que ser uma roda de conversa. Normalizar a conversa sobre finanças é essencial.”, afirma ela.

Para quem está iniciando nesta jornada de se organizar financeiramente, a primeira coisa que Nath recomenda é se perdoar e entender que está tudo bem começar com pequenos passos.

“Entender que o dinheiro é um ponto que pode te ajudar a trilhar o caminho da independência. E nunca pense que você, menina, mulher, que você precisa ficar financeiramente dependente de alguém para ser alguém. Você pode ser o que você quiser. E o dinheiro traz a possibilidade, junto com o seu trabalho, de você ter essa possibilidade de escolher. Pra mim o dinheiro é um poder de escolha.”, recomenda.


O livro Orçamento sem falhas pode ser adquirido na Amazone no site oficial da Editora Intrínseca.

Continue Reading

Comportamento

Entrevista: Felipe Moller, criador do Fábrica de Mentes, fala sobre a importância do reconhecimento do sucesso de pessoas negras em seu novo livro

Published

on

Entrevista: Felipe Moller, criador do Fábrica de Mentes, fala sobre a importância do reconhecimento do sucesso de pessoas negras em seu novo livro
Rawpixel/Divulgação

Felipe Moller, fundador do Fábrica de Mentes, um coletivo que impacta mais de um milhão de pessoas por meio do Instagram, acaba de lançar, pela Editora Gente, seu primeiro livro O óbvio que você deixa passar – a resposta que sempre buscou pode estar mais perto do que imagina. A ficção relata a história instigante de personagens em busca da felicidade.

+ Cantinho Literário Todateen: indicações de livros para começar seu ano novo

Na obra, o autor dá detalhes sobre a trajetória de pessoas comuns que enfrentam momentos decisivos em suas vidas. Eles contam com a preciosa ajuda de estranhos e amigos para trazer luz aos seus dilemas, mostrando que muitas vezes a solução procurada lá longe está bem debaixo do nosso nariz, nas coisas mais simples. O romance conta com sete personagens principais – Thiago, Ciça, Sandro, Camila, Rodrigo, Jaqueline e Luana – estão em momentos distintos de suas trajetórias, mas todos têm em comum o desejo de encontrar soluções que equilibrem sua vida pessoal e profissional.

Em entrevista exclusiva com a todateen, Felipe falou sobre o processo de criação do livro, além de ressaltar a importância de reconhecer o sucesso de pessoas negras.

Confira!

Qual foi a parte mais desafiadora de elaborar esse romance?

Acredito que organizar todas as ideias e personagens. Várias vezes eu queria mudar algumas coisas, buscando cada vez mais perfeição. E aí, óbvio, se não temos organização, tudo viraria uma bagunça! E teve uma parte desafiadora: escolher os nomes. Principalmente para que meus amigos não achassem que eu estava falando deles em algumas situações – embora eu estivesse!

E qual foi a parte mais prazerosa?

Ver que a história fazia sentido. Enxergar cada personagem ganhando vida e forma. Eu procuro escrever de maneira bem detalhada, porque quero que o leitor se veja naquela situação. Quando enviei o material para algumas pessoas avaliarem e eles falavam exatamente o que a gente esperava, o sentimento de dever cumprido veio à tona é isso é muito prazeroso.

Você sempre teve em mente qual seria o título da obra?

Vários. Se deixassem, começaria pelo título antes de tudo. Mas aprendi, com a editora, que o nome do livro só é escolhido no final. Por fim, amamos o nome. E vocês?

O livro fala bastante sobre a questão dos sonhos e toda a insegurança que isso envolve. Na sua opinião, qual a melhor forma de traçar um caminho para atingir os nossos objetivos?

Eu sempre fui uma pessoa muito sonhadora e isso era bom e ruim. Bom porque eu me mantinha sempre motivado. Ruim porque muitos ao meu redor diziam para eu sonhar mais baixo. Só que eu entendia que isso fazia parte da realidade delas. Elas sonhavam baixo. Elas tinham essa insegurança e, por sofrerem, acabavam passando isso pra mim. Não as culpo, mas é a realidade delas. Acho que muita gente por aí, vive assim. Meu conselho é que você tenha um plano. Não é sonhar grande só por sonhar. É saber o que você quer e também o que precisa ser feito pra chegar lá. O nosso livro mostra isso: as etapas que cada um passa até chegar nesse tal “lá”. Tem uma frase que gosto bastante que diz: pra quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar vale. Eu já prefiro a clareza de saber exatamente onde é o meu lugar. E você também pode fazer isso.

+ Criadora do “Vulva Negra”, 1° projeto feminista raiz e negro do Brasil, Yasmin Morais conta tudo sobre publicação de novo conto

Qual a importância de entrarmos cada vez mais em contato com histórias de pessoas negras bem sucedidas?

O negro está em todas as camadas da sociedade e tem tanta competência quanto. Acredito ser uma questão de oportunidade. Porque só enxergamos o negro em situações marginais e não como um advogado, médico ou diretora
bem sucedida dirigindo um carro conversível? Essas pessoas existem e é preciso colocar um holofote nelas. Para que saibam que elas existem e também pra mostrar que é possível sim chegar lá. Hoje eu sou escritor, palestro e falo para milhares de pessoas nas redes sociais. Sei que muitos dos meus seguidores também são negros e se inspiram em mim. Por isso continuo todos os dias mostrando que somos capazes.

Já tem alguns planos pro futuro?

Tenho sim! Alô, Netflix? Alô, Amazon? Que tal criarmos uma série juntos, hein?


O livro O óbvio que você deixa passar – a resposta que sempre buscou pode estar mais perto do que imagina pode ser adquirido na Amazon.

Continue Reading

Ler é TDB!

Mais presenteados: 8 livros de romance para conhecer e se apaixonar

Published

on

Reprodução/Amazon

Procurando por narrativas envolventes e apaixonantes? Então não perca essa lista! Selecionamos alguns dos livros de romance mais presenteados para você conferir, e a melhor parte é que todos eles estão com ótimos descontos no site da Amazon. Dá uma olhada:

1. Orgulho e preconceito 

Reprodução/Amazon

2. O duque e eu (Os Bridgertons – Livro 1)

Reprodução/Amazon

3. A cinco passos de você 

Reprodução/Amazon

4. Teto Para Dois 

Reprodução/Amazon

5. Amor & Gelato  

Reprodução/Amazon

6. A Troca 

Reprodução/Amazon

7. O morro dos ventos uivantes

Reprodução/Amazon

8. Sol da meia-noite 

Reprodução/Amazon

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com o site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a TodaTeen pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3a1r1fa

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3d11kxr

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.