Polêmica em Aladdin: único branco no filme ganha spin-off

Um dos maiores sucessos da Disney em 2019 foi o live-action de Aladdin. Com um elenco que fugia do padrão de maioria branca, co...

Reprodução / Instagram
Um dos maiores sucessos da Disney em 2019 foi o live-action de Aladdin. Com um elenco que fugia do padrão de maioria branca, cores vibrantes e versões especiais das músicas presentes no clássico, o filme foi um sucesso de bilheteria e conseguiu o nosso coração.
Entretanto, a divulgação de um spin-off do filme nos últimos dias trouxe à tona uma polêmica – e desde então tem quem chame a Disney até mesmo de preconceituosa.
Acontece que de acordo com a página The Hollywood Reporter,  o serviço de streaming da marca está trabalhando em um spin-off sobre o único personagem branco da série, o príncipe Anders.
Enquanto isso, o protagonista do filme, o egípcio Mena Massoud não consegue nenhuma audiência para os novos projetos da Disney.Na última quarta-feira (4), o site Daily Best realizou uma entrevista com o astro de Aladdin e o assunto foi discutido.“Estou um pouco cansado de ficar quieto sobre isso, quero que as pessoas saibam que nem tudo são flores quando você participa de algo como Aladdin. ‘Ele deve ter feito milhões. Ele deve estar recebendo todas essas propostas.’ Não é nada disso. Eu não tive nenhuma audição desde que Aladdin foi lançado”, disse Mena.

Segundo o ator, não se trata de ingratidão, o único projeto ao qual vem trabalhando é a série Reprisal, a qual conseguiu antes de Aladdin. 

“Parece uma loucura para muitas pessoas, porque elas têm essa ideia na cabeça. É como se eu estivesse aqui e Aladdin acaba de bater 1 bilhão de dólares. Posso conseguir um teste? Não é como se eu estivesse esperando que fosse o Batman. Mas eu posso pelo menos entrar na sala? Você pode me dar uma chance? Não é sempre como você pensa”, desabafou.


Chato, né? :/

Os comentários estão desativados.