Fale conosco

O que vc está procurando?

TodaTeen

Comportamento

“Querido Ex”: romance nacional inspirado em “As Vantagens de ser Invisível” aborda relacionamento abusivo

"Querido Ex": romance nacional inspirado em "As Vantagens de ser Invisível" aborda relacionamento abusivo
"Querido Ex": romance nacional inspirado em "As Vantagens de ser Invisível" aborda relacionamento abusivo

A Editora Galera Record acaba de lançar o romance nacional de Juan Jullian, intitulado “Querido Ex“. Publicado anteriormente de forma independente, o livro atingiu o 1º lugar, durante 100 dias seguidos, na lista dos mais vendidos na categoria LGBT da Amazon.

A história se passa através de cartas, as quais o personagem principal manda para o ex, que se tornou uma estrela nacional após entrar em um reality show e anunciar seu casamento com um dos participantes. A trama aborda assuntos como racismo – afinal, o principal é negro e detalha as inúmeras vezes que tentou se embranquecer para ficar mais parecido com o ex, relacionamento abusivo, gordofobia e HIV.

Você Tem A Vida Inteira: o livro nacional sobre HIV que conquistou o Jonathan de Queer Eye

A todateen bateu um papo exclusivo com o autor do livro para entender da onde veio a ideia da história e, para nossa surpresa, Juan contou que veio dele mesmo.

da onde vem a história

Eu tinha acabado de terminar um namoro de mais de dois anos. Estava completamente dependente e achava que precisava voltar para os braços dele. A solução que encontrei foi escrever uma carta. Escrevi um texto enorme, super dramático e com trechos de uma música da Taylor Swift. Em seguida comprei um buquê de girassóis e fui até a casa do menino. Chegando lá, precisei deixar toda aquela breguice com a mãe dele. O motivo? Ele estava com outra pessoa”, relembra. “Voltei para casa desolado e o arquivo dessa carta ficou esquecido na bagunça do meu Google Drive. Meses depois, fazendo uma limpeza nas minhas pastas virtuais, esbarrei com aquele texto. Reli tudo e fiquei chocado com o drama. Foi aí que surgiu a estrutura das cartas do “Querido Ex”, com um trecho de música introduzindo cada uma delas, seguindo o formato dessa primeira carta (que inclusive está quase integralmente “Querido Ex” com o título de “Begin Again”, a tal música da Taylor Swift)“.

View this post on Instagram

A post shared by Juan Jullian 💌 (@juanjullian) on

E, embora a história lembre um pouco o nosso filme queridinho, “Para Todos os Garotos que Já Amei”, Julian reforça que isso é apenas uma coincidência. O autor contou que começou a escrever o livro em 2018 e se inspirou mais em “As Vantagens de Ser Invisível”. Ele revela que esse foi um dos livros mais importantes da sua juventude e, até por isso, tem um trechinho dele logo no começo de sua história.

então o personagem tem a ver com o autor

Sim! Julian admite que o personagem é muito inspirado em si próprio e isso, na verdade, foi muito legal para sua representatividade. “Eu nunca tinha lido um livro com temática jovem adulta centrado em um personagem parecido comigo: um jovem brasileiro gay e negro da periferia“, conta.

Conectadas: o livro de Clara Alves que mostra as dificuldades de entender a sexualidade

E, sobre o que seu ex possa pensar, ele deixa muito claro: “Sempre fui muito fã da Lena Dunham, criadora do seriado “Girls” da HBO, e sobre o assunto ela diz algo como: ‘Se ele quebrou meu coração e ferrou com a minha cabeça, eu não tenho que pensar duas vezes antes de usar as minhas próprias experiências para contar a minha própria história“.

as referências do mundo pop

A cada começo de capítulo, Julian separa um trecho de música (o que, inclusive, é ótimo para ampliar sua playlist!), mas muito além disso, o autor também faz inúmeras referências à cultura pop. De Harry Potter à Rupal’s Drag Race, vemos de tudo um pouco no livro.

View this post on Instagram

A post shared by Juan Jullian 💌 (@juanjullian) on

Julian disse que era quase impossível não colocar essas coisas no meio da narrativa, já que ele próprio vive mergulhado nessa cultura.

Eu faço parte de uma geração onde, tão importante quando a cidade onde você nasce e quem são os seus pais, são suas divas pop favoritas, a música mais ouvida do ano no Spotify e qual saga literária você se declara como “stan”. As referências em “Querido Ex” surgem assim como uma ferramenta para caracterizar os personagens de uma forma que converse e seja acessível para o público alvo. Afinal, diz muito sobre o protagonista o fato dele preferir Taylor Swift a Rihanna“, explica. “Outro ponto é o fato de que ao longo de “Querido Ex” são pautados debates áridos e muitas vezes ignorados em livros jovem adulto como racismo, abuso emocional e homofobia. Entregar esses tópicos em uma embalagem pop é uma tentativa de levar essas pautas importantes para a mesa do leitor de ‘Querido Ex’“.

sobre o relacionamento abusivo

Julian conta que passou por um relacionamento abusivo de mais de quatro anos e só conseguiu superar quando pediu ajuda. Por isso, a dica que ele dá para quem está passando por isso é procurar uma rede de apoio e profissionais especializados, como psicólogos. “Crescemos com uma infinidade de filmes, séries e livros que romantizam relações tóxicas,  glamourizando e fetichizando o abuso. Dessa forma, naturalizamos essas relações e suas cicatrizes. Por isso é fundamental a conversa, o debate e o acompanhamento de um profissional capacitado“, finaliza.

Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.