Connect with us

Comportamento

Racismo e algoritmos: a realidade preconceituosa por trás da lógica da timeline

Published

on

Racismo e algoritmos: a realidade preconceituosa por trás da lógica da timeline
Rawpixel

O ano de 2020 ficará marcado não só por uma pandemia avassaladora, mas também por colocar, com potência, o racismo contemporâneo no debate público.

A movimentação reforçada pelo “Black Lives Matters” chegou ao Brasil, e apesar de ainda não vivermos uma realidade de respeito em todas as instâncias, recentemente o “Vidas Negras Importam tem levantado outro ponto fundamental a ser questionado: o preconceito exercido pelas tecnologias, presentes em plataformas de videochamada, bancos de imagem, redes sociais e mais.

+Livros com protagonistas negras que você precisa conhecer

Neste 20 de novembro, data conhecida pelo feriado da Consciência Negra devido à morte de Zumbi, líder do histórico Quilombo dos Palmares, a todateen gostaria de causar uma reflexão sobre a necessidade de romper com as estruturas racistas em todos os espaços possíveis, incluindo o virtual.

Mais do que um lugar onde se propaga ódio, a internet muitas vezes acaba reforçando estereótipos preconceituosos por meio de tecnologias que não preveem a diversidade.

Recentemente, iniciativas independentes obtiveram sucesso ao criar bancos de imagem que fossem além do padrão branco que ainda exerce soberania em nossa sociedade, mas se você digitar, por exemplo, “cabelo bonito” no banco de imagens de plataformas de pesquisa comuns, verá que a maioria do resultado obtido ainda é de mulheres brancas, enquanto “cabelo feio” traz um resultado majoritário de fotos de mulheres negras.

E não para por aí: oTwitter registrou reclamações de pessoas negras que, ao tentar usar um filtro durante uma videochamada, não tiveram seu rosto reconhecido, mesmo seguindo todas as orientações sobre ajustes de luz. O usuário Colin foi o primeiro a relatar o problema de um colega da Universidade:

“Um membro do corpo docente perguntou como impedir que Zoom removesse sua cabeça quando ele usa um plano de fundo virtual. Sugerimos o plano de fundo normal, boa iluminação, etc., mas não funcionou. Eu estava em uma reunião com ele hoje quando percebi porque isso estava acontecendo”.

Para completar esse cenário, influenciadores negros fizeram posts nos últimos meses em suas redes sociais que evidenciaram uma realidade: o Instagram, Twitter, TikTok e outras redes sociais possuem um algoritmo que privilegia a entrega de publicações de produtores de conteúdo brancos.

Na rede de até 280 caracteres, o usuário Tony Arcieri viralizou ao fazer um teste: qual das fotos a plataforma coloca em destaque, a do senador Mitch McConnell ou Barack Obama? Após muitas tentativas, a foto do ex-presidente dos Estados Unidos só foi publicada após a modificação das cores por meio de uma edição dos negativos.

Cláudia Capra é coordenadora de experiência do consumidor na LAR.app e já atuou em diversas empresas que marcam presença na esfera virtual. Para ela, a tecnologia é sua aliada no gerenciamento de projetos, pessoas e análise de dados para tomada de decisões mais assertivas, entretanto, reconhece que existe em muitas plataformas uma lógica de desenvolvimento de algoritmos que evidencia o pensamento de quem o criou.

+Conheça 5 mulheres negras que arrasam por trás das câmeras

Entretanto, Capra vê a transformação se tornando cada vez mais próxima: “Com o avanço das discussões de diversidade e oportunidades oferecidas, cria-se espaço para que possamos ter voz ativa para mudar este cenário”.

Para a profissional da área de ciência da computação, é necessário investir em criadores de conteúdo com representatividade.

“É preciso consumir e produzir conteúdos de diversidade, apoiando cada vez mais esta causa e reforçando a importância de mudarmos este cenário para que possamos viver em uma sociedade mais igualitária”.

Ricardo Silvestre (@ricardosilvestre_) é CEO e fundador da Black Influence (@blackinfluence_), agência especializada em creators e influenciadores pretos ou periféricos que atua no desenvolvimento de projetos, consultorias, campanhas publicitárias e parcerias estratégicas para ajudar as marcas a se comunicarem de forma correta e assertiva, através de pessoas e plataformas com poder de influência dentro da comunidade.

O trabalho de Silvestre é essencial para uma transformação efetiva: “Quanto mais pessoas pretas estiverem criando conteúdos nas redes sociais, mais chances temos de driblar a lógica dos algoritmos racista”.

Mas o especialista em comunicação reforça que parte dessa mudança vem também de quem recebe o conteúdo produzido.

“Seguir influenciadores pretos é, sim, uma forma de driblar o comportamento racista destes algoritmos. Porém, além de seguir estes influenciadores, é preciso haver, um consumo relevante dos conteúdos que eles produzem. Compartilhar e fazer com que outras pessoas acessem esse conteúdo é fundamental”.

E você, já reparou nas publicações que são sugeridas ao longo da timeline? Para mudar essa realidade, faça a diferença adicionando mais diversidade à lista de quem segue.

Além do perfil da @blackinfluence_, Silvestre indica alguns dos creators que trabalham em sua agência: “Rodrigo França (@rodrigofranca), Bielo Pereira (@hellobielo), Roger Cipó (@rogercipo), Preta Araújo (@pretaraujo) e Nina Silva (@ninasilvaperfil) são alguns dos profissionais que indico. Claro que existem outros milhares de nomes incríveis que valem muito a pena conhecer e acompanhar”.

Comportamento

Verão em casa: para ser saudável, você não precisa mudar seu corpo ou fazer dieta

Published

on

Verão em casa: para ser saudável, você não precisa mudar seu corpo ou fazer dieta
Rawpixel

Seu corpo mudou na quarentena? Saiba que você não é a única, afinal, estamos há muito tempo em casa, sem andar por aí todos os dias, com a ansiedade batendo e uma vontade mais frequente de pedir um lanche pelo delivery. Nesse verão, muitas mulheres ganharam peso, algumas estrias e celulite. Com a chegada da estação perfeita para colocar o biquíni e aproveitar o sol – mesmo que na varanda de casa para respeitar o isolamento social – boa parte das mulheres sentem a pressão social pelo corpo magro inalcançável, que, na maiorias das vezes, é sinônimo de dietas nada saudáveis e procedimentos estéticos.

+7 protetores solares para cuidar da pele neste verão

+Verão: 6 itens para o seu cãozinho aproveitar os dias mais quentes do ano

+Verão: 8 produtos para incluir na sua rotina capilar

Em primeiro lugar, uma mulher gorda não necessariamente está com problemas de saúde, na verdade, ela pode estar muito mais saudável do que uma pessoa que se enquadre nos padrões sociais de magreza. A questão é que existe um senso comum tóxico que nos faz julgar nossos corpos, principalmente no verão.

Todos os corpos estão prontos para o verão, já que ter uma vida mais saudável não implica necessariamente na perda peso. Alimentação equilibrada e exercícios físicos são essenciais, mas não estamos falando de fins estéticos! “Ficar longos períodos sentados, ou mesmo em pé, levam a problemas circulatórios que, por sua vez, podem resultar em trombose, ou seja, um coágulo sanguíneo que se desenvolve no interior das veias das pernas impedindo, assim, a passagem do sangue”, alerta a Dra. Vanessa Vargas Ferreira, médica e nutróloga“Por isso, a dica é: mexa-se, mesmo em casa!”, completa.

Saúde e estresse não combinam

A Dra. Vargas Ferreira frisa que neste processo de mudança para uma rotina mais saudável não basta se exercitar e comer bem, a terapia com psicólogos pode ser essencial. “A função dos alimentos vai muito além da nutrição, também está relacionada ao afeto. É comum demonstrarmos afeto e carinho por outras pessoas através da comida. Trabalhar as emoções é essencial para aprendermos a nos relacionarmos de forma mais saudável com a nossa própria alimentação e nossos corpos”.

O trabalho com profissionais para mantermos a saúde mental se torna indispensável durante a quarentena, já que tem se tornado cada vez mais comum o desconto da ansiedade na comida. “Muitas pessoas utilizam a comida como ‘válvula de escape’, uma forma de alívio diante de situações estressantes. Assim, o comportamento alimentar está frequentemente relacionado às nossas emoções e não são incomuns, portanto, transtornos alimentares e sintomas associados a culpa, a vergonha, tristeza e ansiedade”.

Falando em saúde mental, não dá para entrar em dieta restritiva se o seu objetivo é saúde, já que essa “proibição” pode ter efeitos mais negativos para o seu bem estar. “Uma prescrição adequada e personalizada é fundamental nesse momento de pandemia, para manter uma boa alimentação, alta imunidade, maior disposição e evitar riscos de doenças. A rotina alimentar deve ser adequada a cada paciente, gerar bem estar e resultados saudáveis – e não estresse”, completa a Dra. Vargas Ferreira.

Alimentação sem restrição

A Dra. Mariana Amaro Castro Maciel Arjona, médica referência em nutrição do “Dr.Consulta”, acredita que muitas vezes a solução para seus pacientes pode ser mais simples do que eles podem imaginar. “É preciso avaliar o padrão alimentar como um todo, principalmente nos momentos de ansiedade, para entender qual o tipo de alimento, horário, quantidade que a pessoa está ingerindo e em cima disso, sugerir mudanças. Às vezes, uma simples redistribuição ou troca dos alimentos pode ajudar. Em outros momentos, buscar outras atividades prazerosas podem ser a saída. O ideal mesmo seria aliar o aconselhamento nutricional e o psicológico juntos”.

“Acredito que uma alimentação equilibrada não passa por dietas rígidas na grande maioria dos casos. Dietas rígidas muitas vezes implicam na exclusão de determinados alimentos ou nutrientes e já aí deixam de ser equilibradas. Uma alimentação saudável deve ser variada, contemplando alimentos de todos os grupos alimentares, distribuídos de maneira equilibrada e nas quantidades ideais. Só desta maneira ela irá fornecer todos os nutrientes necessários e contribuir para uma boa saúde”, afirma a Dra. Mariana Arjona.

A médica incentiva seus pacientes a cozinharem mais, e agora na quarentena, alguns até arriscaram começar uma horta. A Dra. Arjona afirma que esses hábitos trazem um interesse por variedade no prato, que é livre de agrotóxicos ou grandes quantidades de sódio, açúcar e conservantes.

E os fãs de fast food? A Dra. também olha para essa questão com equilíbrio: “Na maior parte dos casos, desde que a pessoa tenha um bom padrão alimentar na maior parte do tempo, tenha um estilo de vida saudável, pratique atividade física, esteja bem clinicamente, não será um fast food eventual que comprometerá. Mas uma avaliação profissional mais apurada deve ser feita para individualizar essa recomendação”.

Continue Reading

Comportamento

Verão: 6 itens para o seu cãozinho aproveitar os dias mais quentes do ano

Published

on

Reprodução/Amazon

Quer que seu cãozinho aproveite melhor esse verão? Então você está no lugar certo! Preparamos uma lista com alguns itens que vão trazer conforto e bem-estar para o seu melhor amigo de quatro patas durante a estação mais quente do ano. Olha só:

1. Protetor Solar Make Me Bluish:

Com fórmula vegana, este item é à prova d’água e possui FPS 30 que promove uma proteção eficaz para o seu amigo de quatro patas.

Reprodução/Amazon

2. Comedouro Brinquedo, Pet Games:

Com 4 aberturas ajustáveis que permitem 8 níveis de dificuldade, este comedouro vai estimular seu pet a brincar e trabalhar para obter o snack do dia. Legal, né?

Reprodução/Amazon

3. Mangueira de Jardim Fonte de Água:

Ideal para ajudar o seu pet a se refrescar, esse produto tem fácil conexão com qualquer mangueira de jardim e é acionado quando o cãozinho empurra o pedal.

Reprodução/Amazon

4. Ferplast Amigo Mini Fita, Guia Retrátil:

O passeio não pode faltar, né? Essa guia retrátil tem deslizamento silencioso e três funções diferentes: bloqueio, rolagem livre e parada momentânea.

Reprodução/Amazon

5. Bebedouro Portátil Plástico Sanremo:

Hora da hidratação! Além de ter um design inteligente e moderno, esse bebedouro portátil é ideal para levar em passeios e viagens.

Reprodução/Amazon

6. Tapete Gelado Tamanho M, Chalesco:

Com design dobrável e portátil , esse tapete proporcionará uma sensação de bem-estar nos dias mais quentes do ano.

Reprodução/Amazon

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com o site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a TodaTeen pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3a1r1fa

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3d11kxr

Continue Reading

Comportamento

Exclusiva: As Baías e Luísa Sonza se juntam em “Quarto Andar” para falar sobre amor em tempos modernos

Published

on

Divulgação

O grupo musical As Baías, composto pelas cantoras e compositoras Raquel Virgínia, Assucena Assucena e pelo cantor, compositor e produtor Rafael Acerbi, lançaram nesta sexta-feira (15) o single “Quarto Andar”, com feat. da cantora pop Luísa Sonza. A parceria completa o álbum “Drama Latino” nas plataformas musicais e o fecha com chave de ouro.

Em entrevista exclusiva com a todateen, As Baías contaram qual foi a parte mais difícil em gravar o clipe.

“Unir o time numa pandemia, debater conceito a distância. Tudo isso fez com que o nível de dificuldade fosse alto. Mas o prazer em criar e produzir foi algo que nos manteve concentradas e atentas”, relembra Raquel.

“Creio que a maior dificuldade foi fazer tudo a tempo pois o clipe dependia muito da iluminação natural da Cidade das Artes”, completa Rafael.

o significado da música

A maioria das músicas de As Baías tem um significado por trás da letra, e com essa não poderia ser diferente. “Quarto Andar é uma música de amor, que expressa conexão, saudade e anseios do cotidiano. Sabe quando a gente está ansiosa pra encontrar a pessoa amada? Então! Quarto Andar é sobre a expectativa do encontro”, explica Assucena Assucena.

“Essa canção foi uma tentativa de escrever sobre amor em tempos modernos. O celular, a distância, a mensagem não respondidas. Ela traz uma imagem de um amor bem efêmero e urbano, característica de muitas relações nesse mundo atual”, explica Rafael.

a escolha de Luísa Sonza

Rafael explica que Luísa foi escolhida, primeiramente, porque o trio queria gravar com uma cantora pop. “A Luísa vem se destacando cada dia mais como um dos maiores nomes do pop nacional. E quando ela topou, a voz dela trouxe exatamente o elemento que faltava. Caiu como luva e o feat ficou lindo!”

Por sua vez, a loira explica o motivo de ter aceitado fazer a parceria: “A oportunidade de explorar novos estilos musicais e porque adoro o trabalho das Baías. Trabalhar com gente tão talentosa, amorosa, faz tudo valer ainda mais pena”.

Confira a música:

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos

Copyright © 2020 - Website produzido por Perfil.com Ltda. Uma parceria de conteúdo Perfil Brasil e Editora Alto Astral. Este site é parceiro do UOL Entretenimento.